Emma Stone estaria considerando processar a Disney por mesmo motivo de Scarlett Johansson

Viuva-Negra-e-Cruella-Premier-Access-1024x576 Emma Stone estaria considerando processar a Disney por mesmo motivo de Scarlett Johansson

Menos de 24 horas depois da notícia bombástica que Scarlett Johansson está processando a Disney pelo lançamento de Viúva Negra no Disney+, surge um rumor envolvendo Emma Stone, o filme Cruella e uma possível ação na justiça norte-americana da atriz contra a casa do Mickey.

Os dois filmes tiveram lançamento simultâneo nos cinemas e streaming através do Premier Access, recurso do Disney+ que funciona como uma espécie de paywall e libera o filme de forma antecipa apenas aos assinantes que optam por pagar a taxa adicional.

A possibilidade de que Emma Stone acione a justiça contra a Disney foi levantada por Matt Belloni, ex-editor por 14 anos no The Hollywood Reporter, o mesmo que revelou recentemente que Kevin Feige está irritado e envergonhado com a situação e teria ficado ao lado de Scarlett nessa história.

O jornalista, que agora publica notícias duas vezes por semana em seu boletim What I’m hearing ( O que estou ouvindo, em tradução livre), relatou que a protagonista de Cruella está considerando seguir os mesmos passos de Scalett Johansson. “Emma Stone, estrela de Cruella, está avaliando suas opções”, escreveu ele.

Cruella estreou nos cinemas e Disney+ com Premier Access no dia 28 de maio, ficando disponível para compra no streaming por duas semanas. Depois disso, foi liberado sem custo a todos os assinantes no Brasil em 16 de julho, ou seja, 49 dias depois do lançamento.

O ex-THR foi além e disse que Emily Blunt, de Jungle Cruise, seria mais uma artista que pode se manifestar após a estreia do filme. Em suas palavras, a Disney é uma empresa “notoriamente difícil de lidar” nessas circunstâncias.

O Premier Access é um tema que divide opiniões desde sua criação para o remake de Mulan em 2020, antes mesmo da chegada do Disney+ ao Brasil. Na ocasião, vimos as mais diversas reações, como o dono de um cinema na França que viralizou após quebrar a arte promocional do filme com um taco de beisebol e a declaração da Associação de Cinema da Alemanha dizendo que os estúdios Disney estavam brincando com fogo ao lançarem Mulan via streaming.

Caso Emma Stone realmente decida processar a Disney u até se manifestar de forma negativa em relação ao lançamento híbrido nos cinemas e streaming, pode ser o prego que faltava para fechar o caixão do Premier Access.

Posição da Disney sobre o caso Viúva Negra

Em um comunicado nesta quinta-feira, a Disney se manifestou sobre o assunto que ganhou as manchetes de todos os portais de notícias:

Não há mérito algum neste processo. O processo é especialmente triste e angustiante em seu insensível desrespeito pelos terríveis e prolongados efeitos globais da pandemia COVID-19. A Disney cumpriu totalmente o contrato da Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Viúva Negra no Disney+ com Premier Access melhorou significativamente sua capacidade de ganhar uma compensação adicional em cima dos US$ 20 milhões que ela recebeu até o momento.”

Mais sobre o Premier Access

Raya e o Último Dragão: Animação alcança 2º lugar em audiência ao sair do Premier Access
Cruella tem desempenho inferior a Mulan na estreia via Premier Access
Entenda o que é o Premier Access (Acesso Premium) do Disney Plus
O futuro do Premier Access e filmes no Disney+ após 45 dias nos Cinemas
O GroupWatch Funciona em Filmes com o Premier Access do Disney+?

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Via ScreenRant

Atualizado em 30/07/2021

Foto do autor

Redação GDPB

O Guia Disney+ Brasil é um site não oficial dedicado a divulgar dicas, promoções, novidades, análises, lançamentos, comparações, tendências e tudo mais que envolva os serviços de streaming da Disney.

Deixe um comentário