Investigação de perjúrio de Amber Heard agora envolve o FBI

Amber-Heard-saindo-do-tribunal Investigação de perjúrio de Amber Heard agora envolve o FBI

Amber Heard está tendo mais problemas jurídicos do que apenas perder o julgamento contra o ex-marido Johnny Depp. Foi relatado recentemente que as autoridades australianas reabriram uma investigação sobre a época em que a atriz levou animais de estimação para o país. Embora levar cães para a Austrália não seja ilegal, os órgãos de controle de lá possuem protocolos rígidos de quarentena a todos os animais que chegam.

Em 2015, Amber preencheu a documentação de imigração informando que não estava levando nenhum animal. O governo australiano pediu a ela que retirasse os cães do país ou eles teriam que ser sacrificados. Johnny Depp providenciou o retorno dos animais aos Estados Unidos, mas ela recebeu uma acusação de entrar ilegalmente com os cachorros. O caso foi encerrado quando a atriz se declarou culpada de falsificação de documentos, evitando a condenação.

Envolvimento do FBI

Agora, o Newsweek está relatando que até o FBI está trabalhando com o governo australiano para investigar mais esse assunto, que, de acordo com o Departamento de Agricultura, Água e Meio Ambiente da Austrália, é classificado como perjúrio.

De acordo com um agente e advogado aposentado do FBI, Bobby Chacon, o departamento de investigação mantém um escritório em Canberra, e há agentes do FBI alocados de forma permanente na Austrália. “Parte de sua missão é ligação e assistência, então, se os australianos precisassem de algo daqui dos EUA, eles certamente entrariam em contato com o escritório do FBI na Austrália e o FBI provavelmente ajudaria”, ele disse ao Law & Crime Network.

Em 2021, um advogado de Amber disse ao E! News: “É realmente inconcebível, e estamos confiantes de que não é verdade, que o governo australiano ou o FBI adotem uma política de perseguir e vitimizar uma pessoa que já foi condenada a ser vítima de violência doméstica.”

Atualmente, Amber Heard está tentando anular o veredito do processo de difamação, que foi favorável a Johnny Depp. Seus advogados protocolaram um pedido alegando que havia um “jurado falso” e que Johnny Depp perdeu seu papel em Piratas do Caribe devido a seus próprios problemas e não ao artigo dela publicado em 2018 no The Washington Post.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 07/07/2022

Foto do autor

Redação GDPB

O Guia Disney+ Brasil é um site não oficial dedicado a divulgar dicas, promoções, novidades, análises, lançamentos, comparações, tendências e tudo mais que envolva os serviços de streaming da Disney.

Deixe um comentário