Data oficial revelada! Disney+ será lançado no Brasil em 17 de Novembro

Atualizado em 24/10/2020

De forma bem humorada, o perfil no Twitter do Disney+ Latinoamérica divulgou “sem querer” que o lançamento no Brasil e em toda a América Latina será em 17 de Novembro.

Com isso, esperamos que as assinaturas anuais comecem a ser vendidas em meados de Outubro, se observarmos que recentemente na Europa o Disney+ abriu a pré-venda para 8 países cerca de 1 mês antes do lançamento.

Agora é torcer para que o processo na Anatel envolvendo a Claro não estrague os planos. Como divulgado recentemente, a Claro está contestando na justiça os serviços de streaming concorrentes e isso poderia impedir ou adiar o lançamento do Disney+ no Brasil. No processo, a Claro, dona da Claro Vídeo e NOW, alega que os concorrentes estão praticando concorrência desleal por não possuírem produções nacionais suficientes e estariam portanto em desacordo com a Lei da TV paga. A decisão final cabe aos conselheiros da Anatel e está prevista para acontecer no dia 27 de Agosto. Clique aqui para saber mais sobre esse processo.

O Disney Plus já foi lançado nos Estados Unidos, Canadá, Holanda, Austrália, Nova Zelândia, Índia, Reino Unido, Irlanda, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria, Suíça, França, Mônaco e Japão. Além desses países, Porto Rico, que é território dos Estados Unidos, e diversos territórios franceses, como Antilhas francesas, Guiana Francesa e Nova Caledônia já contam com o Disney+.

Em 5 de setembro é a vez da Indonésia ter acesso ao streaming da Disney.

O Disney+ será lançado também em mais oito países europeus em 15 de setembro. Os novos países são Portugal, Bélgica, Finlândia, Islândia, Luxemburgo, Noruega, Suécia e Dinamarca e para esses países a pré-venda foi liberada no dia 14 de Agosto.

No leste europeu, o lançamento vai ocorrer ao longo de um ano a partir do verão de 2020 no hemisfério norte, que vai de 21/06 a 23/09.

Na região Ásia-Pacífico será ao longo dos dois anos, o que já começou com Austrália e Nova Zelândia desde novembro de 2019, passando pelo Japão com o recente lançamento no mês de junho de 2020.

O que tem no catálogo do Disney Plus?

Todos os títulos originais produzidos exclusivamente para o Disney+, assim como as coleções completas de todos os conteúdos disponíveis das marcas Disney, Pixar, Marvel, Star Wars e National Geographic em todos os formatos (filmes, séries, curtas, shows e documentários). A partir do lançamento no Brasil, em Novembro, o Disney+ será o destino exclusivo para a mais completa e melhor seleção de filmes e séries dessas 5 marcas, além de produções originais exclusivas, tornando-se a única plataforma de streaming onde estarão todos os filmes disponíveis da Disney, Pixar, Marvel e Star Wars. Saiba mais sobre o conteúdo do catálogo Disney+ NESSE LINK.

Qual é o preço do Disney Plus?

De acordo com os valores que já aparecem tanto no app oficial quanto na descrição do aplicativo na Play Store, a assinatura mensal fixa do Disney Plus no Brasil terá o preço de R$ 28,99 ao mês. Haverá a opção pelo plano anual com desconto, que deve ficar em R$ 289,99 por ano. Vale lembrar que o preço do Disney Plus no Brasil e demais países da América Latina ainda não foi oficialmente divulgado pela Disney e esses valores podem ser apenas a conversão de uma referência em dólar.

A seguir estão os valores praticados em todos os países onde o streaming da Disney já foi lançado ou está próximo de estrear.

pre%C3%A7os-1024x683 Data oficial revelada! Disney+ será lançado no Brasil em 17 de Novembro

Nos Estados Unidos, o serviço Disney Plus custa US$ 6,99 por mês. Há a opção pelo plano anual com desconto, que fica por US$ 69,99 por ano (US$ 5,83 / mês).

No Canadá, a assinatura do Disney+ custa CAD 8,99 por mês (R$ 35,00) ou CAD 89,99 (R$ 353,00) por ano. No Reino Unido o preço é de £5,99 (R$ 40,00) por mês ou £ 59,99 (R$ 404,00) por ano. Nos demais países da Europa onde o serviço já está disponível, o custo é de € 6,99 (R$ 42,00) por mês ou € 69,99 (R$ 422,00) por ano. Os australianos pagam $ 8,99 por mês (R$ 33,00) ou $ 89,99 (R$ 333,00) por ano em dólares australianos, e o custo da assinatura na Nova Zelândia é de $ 9,99 (R$ 35,00) por mês ou $ 99,99 (R$ 350,00) por ano na moeda local (dólar neozelandês).

Na Índia o Disney Plus foi disponibilizado como parte de um pacote com outro serviço chamado Hotstar. O custo para o consumidor na Índia é o menor do que todos os outros países: 299 rupias indianas por mês (cerca de R$ 21,00), ou 1499 rupias por ano (em torno de R$ 106,00). Em compensação os indianos não têm conteúdo 4K e cada assinatura está restrita a apenas 1 dispositivo. O pacote a ser lançado na Indonésia em 05/Setembro também é o mesmo da Hotstar.

No Japão, o Disney Plus custa 700 ienes por mês (cerca de R$ 35,00) através de uma parceria exclusiva com a empresa japonesa de telecomunicações NTT Docomo.

Na Noruega, o Disney Plus custará 69 coroas norueguesas (R$ 37,78) por mês ou 689 coroas (R$ 377,21) por ano. Na Suécia, serão 69 coroas suecas (R$ 38,61) por mês ou 689 coroas (R$ 385,47) por ano. E na Dinamarca, serão 59 coroas dinamarquesas (R$ 46,53) por mês ou 589 coroas (R$ 464,55) por ano.

Portugal, Bélgica, Finlândia, Islândia e Luxemburgo seguem o preço padrão da zona do euro: € 6,99 (R$ 42,00) por mês ou € 69,99 (R$ 422,00) por ano.

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.