Amber Heard teme que Johnny Depp a processe novamente


Amber-e-Johnny-Depp Amber Heard teme que Johnny Depp a processe novamente

Durante a semana, foi ao ar na NBC a primeira entrevista de Amber Herd após a conclusão do julgamento por difamação entre ela e Johnny Depp, com o júri decidindo a favor do ator de Piratas do Caribe. A atriz repetiu as mesmas alegações feitas no tribunal, e, por causa disso, acredita-se que Depp tem motivos para processá-la mais uma vez. E Amber não só tem consciência disso como teme que aconteça.

Durante a conversa com a apresentadora Savannah Guthrie no Today Show, a estrela de Aquaman confessou que está preocupada com a possibilidade, que classificou como tentativa de silenciamento.

Estou com medo de que, não importa o que eu faça, não importa o que eu diga ou como eu diga, cada passo que eu der apresentará outra oportunidade para esse tipo de silenciamento”, disse ela. “Que é o que eu acho que um processo de difamação deve fazer, é para tirar sua voz.”

Na ocasião, Amber Heard acrescentou que o fatidico artigo que escreveu em 2018 para o The Washington Post “não era sobre Johnny”. Questionada sobre por que ela escreveu mais de dois anos após o divórcio, ela disse: “Porque o editorial não era sobre meu relacionamento com Johnny”.

Quando Savannah Guthrie apontou o fato de que tanto o júri quanto a opinião pública não têm dúvidas de que o artigo era sobre Johnny Depp, Heard resistiu, dizendo que se tratava de “emprestar minha voz para uma conversa cultural maior que estávamos tendo na época”.

O artigo mencionado foi o centro do julgamento por difamação, que aconteceu em um tribunal da Virgínia. No texto, Amber Heard afirmou que era uma sobrevivente de violência doméstica. O editorial não mencionou Johnny Depp, mas ele reagiu levando Amber Heard ao tribunal, acusando-a de arruinar sua reputação e carreira ao insinuar no editorial que ele a agrediu.

Amber Heard o processou de volta em US$ 100 milhões, alegando que Johnny Depp a agrediu antes e durante o casamento, que terminou em divórcio em 2016. Depp negou as acusações.

O júri finalmente considerou Heard e Depp responsáveis ​​por difamarem um ao outro, embora o veredito tenha sido inegavelmente uma vitória para Johnny, que condenou Amber a pagar US$ 15 milhões pelos danos difamatórios ao ator, enquanto Depp deve pagar US$ 2 milhões a Amber por uma frase dita por um ex-advogado seu, quando afirmou que as alegações de Amber eram “uma farsa”.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 18/06/2022


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.