Advogados pedem ao júri que devolvam a vida de Johnny Depp


Johnny-Depp Advogados pedem ao júri que devolvam a vida de Johnny Depp

Os advogados de Johnny Depp pediram aos jurados que “devolvam a vida ao Sr. Depp”, em meio aos argumentos finais do julgamento do processo envolvendo sua ex-mulher Amber Heard por considerá-la culpada de difamação. A advogada de Depp, Camille Vasquez, alegou que Heard arruinou a vida do ator “ao dizer falsamente ao mundo que ela era a sobrevivente de abuso doméstico nas mãos de Depp“.

Na quinta-feira, Amber Heard expressou o desejo de se afastar de tudo o que está acontecendo, pedindo a Johnny Depp que “deixe-me em paz durante seu testemunho final e detalhando o assédio que sofreu da base de fãs do astro de Piratas do Caribe.

As alegações finais começaram exatamente seis anos depois que Heard entrou com uma ordem de restrição contra Depp após o pedido de divórcio, com a cobertura da imprensa tornando públicas as alegações de abuso doméstico que Johnny Depp sustenta serem falsas. Esse tópico foi explorado com a presença de um ex-funcionário do portal de entretenimento TMZ, que, além de dar uma resposta desconcertante para a advogada de Amber, insinuou que o vídeo com Johnny Depp batendo em armários foi fornecido pela atriz, o que ela nega.

O julgamento de seis semanas, transmitido ao vivo pelo YouTube, trouxe revelações surpreendentes de Amber e Johnny, como por exemplo o motivo pelo qual Depp não olhava para a ex-esposa no tribunal. Ambos os lados acusaram o outro de abuso doméstico, e ambos os lados acusaram o outro de orquestrar uma campanha de difamação contra eles na imprensa.

Camille Vasquez mencionou que nenhum amigo de Amber Heard compareceu para apoiá-la ou testemunhar a seu favor, e citou Kate Moss dizendo: “Kate Moss não está na folha de pagamento de Johnny Depp no mês, ela escolheu depor por conta própria“. A advogada continuou se dirigindo ao júri:

Ela não pode voltar atrás, eles atacaram testemunhas, ela contou inúmeras mentiras e vocês estavam aqui para ouvir.” Em seguida, afirmou que as histórias de Amber têm inúmeras versões e nunca são a mesma coisa. “Ela não pode assumir qualquer responsabilidade pelo que fez. Vocês viram o desempenho dela no banco, vocês a viram cair em uma mentira atrás da outra.”

Outro dos advogados de Depp, Benjamin Chew, afirmou que um artigo de opinião que Heard escreveu comparava Depp ao Titanic e ela mesma ao iceberg que o afundou. O artigo em questão, no centro do julgamento, foi um que Heard escreveu para o The Washington Post em 2018, no qual ela se descreve como uma “figura pública que representa o abuso doméstico”. Embora Depp não seja mencionado no artigo, Heard fez alegações anteriores de abuso contra Depp em 2016, que ele afirma serem falsas e referenciadas na peça.

O advogado de Johnny também apontou que nenhuma outra mulher que estava em um relacionamento com Depp o acusou de abuso doméstico. Pelo contrário, a modelo Kate Moss até testemunhou negando o boato de que Depp a empurrou escada abaixo enquanto eles estavam juntos, algo que Heard mencionou em um de seus depoimentos.

Nos Estados Unidos, provar a difamação é difícil, já que o acusador é quem deve demonstrar que o difamador teve intenção maliciosa com suas ações. Johnny Depp perdeu anteriormente um processo por difamação no Reino Unido, onde o acusado é quem deve provar sua inocência.

Nesse caso, Depp processou o jornal The Sun por descrevê-lo como um “espancador de esposas” em um artigo. Um juiz decidiu que o artigo não era difamatório porque se baseava em provas credíveis de abuso apresentadas por Amber Heard.

Os argumentos finais terminaram nesta sexta-feira, e as deliberações dos jurados sobre um veredito podem se estender até a próxima semana.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 27/05/2022


2 comentários

  1. Porque devolveriam uma espécie de responsabilidade a esposa dele para parar o divórcio. Afinal gordos são jurados e inventaram a comunidade dos brancos inclusive o deep era comunista branco na época em que atuava tentou uma mudança de emprego e então era jardineiro e matou degolando suas clientes no salão de beleza. Mas o crime já prescreveu e estou escrevendo um spoiler

  2. As pessoas acreditaram tanto na Amber sem ela dar provas concretas , que agora que o Jhony apresentou várias provas e pegou a Amber na sua própria armadilha, não querem ver que estiveram do lado errado o tempo todo…que vergonha do júri que o condenou pela primeira.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.