Nova Patente Pode Levar Interatividade dos Videogames ao Disney+


Disney-Plus-Recursos-Interativos-1024x576 Nova Patente Pode Levar Interatividade dos Videogames ao Disney+

Em outubro de 2020, a Disney anunciou uma reestruturação e mudança do foco para o mundo do streaming, concentrando seus esforços na produção de conteúdo e no desenvolvimento dos serviços de vídeo sob demanda, que incluem Disney+, Hulu, ESPN+ e, a partir de junho, Star+. Somadas, essas plataformas atingiram 146 milhões de assinaturas no final de 2020, sendo 94,9 milhões apenas do Disney+. E uma nova patente envolvendo a interatividade observada nos videogames reforça que a gigante do entretenimento não está de brincadeira.


O pedido de patente feito pela Disney foi publicado no dia 4 de março de 2021 e tem um objetivo claro: levar interatividade aos serviços de streaming sem depender da capacidade dos dispositivos dos usuários, como celulares e tablets.

A descrição no documento cita que as aplicações de streaming, como o Disney+, normalmente são executadas em dispositivos de comunicação pessoal, como smartphones e tablets, e na maioria das vezes não apresentam a mesma interatividade gráfica sofisticada proporcionada pelos motores de videogame, dificultando assim a inclusão de experiências interativas construídas para um mecanismo de jogo.

Tais experiências, quando incluídas pelos métodos tradicionais, ficam limitadas pela capacidade de processamento dos dispositivos móveis, que tende a ser significativamente menor do que em consoles de videogames ou computadores configurados para jogos.

As Possibilidades

A solução apresentada no pedido de patente tem nome complicado: Renderização de Imagem Baseada em Nuvem para Enriquecimento de Streaming de Vídeo. Mas a ideia é exatamente essa, aliviar os dispositivos dos usuários, deixando o trabalho pesado na Nuvem e abrindo um leque de possibilidades incríveis para o Disney+ e outros serviços de streaming da companhia quando o assunto é interação.


Essa patente pode representar experiências fantásticas no futuro. Um dos exemplos citados no documento (item 0041) descreve que o vídeo poderia assumir a forma de um objeto interativo para o usuário como uma imagem 3D, permitindo, em um evento esportivo, por exemplo, que o espectador tenha uma visão tridimensional do campo de jogo e dos atletas em uma perspectiva selecionada pelo próprio usuário. Além disso, poderia exibir estatísticas do time ou de jogadores individualmente.

Outras implementações mais usuais poderiam vir na forma jogos, enquetes, botões, chat, feedback e votações ao vivo dentro do Disney+.

O documento pode ser visto na íntegra nesse link:
https://uspto.report/patent/app/20210067844

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Fonte: Wow News Today via DisInsider

Atualizado em 09/03/2021


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.