Marvel confirma: Loki é gênero fluido


Atualizado em 06/06/2021

Loki-1024x576 Marvel confirma: Loki é gênero fluido

O Universo Cinematográfico da Marvel nunca foi conhecido por sua representatividade. Até hoje, um único personagem abertamente homossexual apareceu ao longo do MCU, interpretado pelo diretor Joe Russo em uma participação especial em Vingadores: Ultimato. Sendo um dos maiores conglomerados cinematográficos do mundo, boa parte dos fãs espera muito mais da Marvel do que apenas heróis e heroínas explodindo cidades e derrotando seres espaciais.

Loki chegará às telas do Disney+ na próxima quarta-feira, dia 9 de junho. O terceiro seriado do estúdio a chegar ao Disney+ terá um total de seis episódios, que não tinham tido sua duração revelada até agora. À medida que algumas informações começaram a circular na internet hoje, os embargos de opiniões iniciais caíram e algumas pessoas revelaram poucos dados sobre a nova série.

Fique tranquilo, não há nenhum spoiler, apenas descobrimos que os dois primeiros episódios de Loki terão, respectivamente, 51 e 54 minutos de duração. O tempo traz um conforto ao fã, que terá apenas seis capítulos para matar a saudade de Tom Hiddleston como o Deus da Trapaça.

Aproveitando o hype de informações e a chegada da série, a Marvel trouxe uma notícia extremamente esperada pelos fãs. Em um vídeo divulgado na conta oficial do Twitter e que você confere logo abaixo, é possível perceber logo na primeira imagem uma espécie de ficha criminal de Loki, um dado que não havia sido revelado até então.

Pouco sabemos de Loki até agora, nada muito além de seu parentesco com Thor e Odin e sua origem nos Gigantes de Gelo. Sabemos que Loki é um metamorfo, capaz de assumir literalmente qualquer forma que ele desejar. Nas histórias da mitologia nórdica, ele já foi um homem, uma mulher, uma criança e até mesmo um cavalo, gerando proles em todas essas versões.

Como Loki se tornou o Deus da Trapaça?
Afinal, quem é Mobius M. Mobius nas histórias da Marvel?

Agora, com a confirmação da Marvel, descobrimos que o personagem do MCU é gênero fluido, ou seja, sua identidade de gênero e/ou expressão abrange tanto o gênero masculino quanto o feminino. A informação aparece na ficha criminal, onde na parte de “Sexo” a resposta marcada é apenas “Fluido”.

A importância da informação é enorme, por diversas razões. A primeira delas é a representatividade que o estúdio está trazendo em um de seus maiores personagens. Loki é o primeiro gênero fluido confirmado no MCU, abrindo as portas para que muitos outros heróis ganhem a liberdade e o direito de serem o que quiserem ser.

Além disso, a confirmação do gênero de Loki também pode ser a confirmação de que veremos Lady Loki no seriado, interpretada por Sophia Di Martino. A atriz não teve um papel revelado, mas vem sendo cotada como a versão feminina de Loki há um tempo.

A confirmação também torna Loki o primeiro personagem protagonista da Marvel a fazer parte da comunidade LGBTQ+. A Marvel teve chance de incluir mais representatividade há um bom tempo, mas fica claro que o estúdio vem tentado cada vez mais. Já sabemos que Phastos, em Eternos, Miss America, em Doutor Estranho 2 e a Valquíria, em Thor: Love and Thunder, serão personagens homossexuais em seus respectivos filmes, algo que certamente deverá acontecer com muito mais frequência daqui pra frente.

Vale lembrar que nos quadrinhos de Loki Odin já havia se referido ao filho como gênero fluido na frase: “meu filho, minha filha e meu filho, que é ambos“.

Loki chega ao Disney+ em 9 de junho.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus


Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.