10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

A-Bela-e-a-Fera 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Por 100 anos, a Disney tem entretido o público de todas as idades, começando de suas origens humildes com curtas-metragens e expandindo para filmes de animação aclamados, live-actions de enorme sucesso e várias franquias sob seu domínio. A Casa do Mickey se orgulha de oferecer entretenimento familiar e se tornou uma parte significativa da vida de muitas pessoas ao longo de gerações.

Mas seja você um fã dedicado ou um espectador casual, saiba que há muitas histórias bizarras, teorias estranhas e percepções dos bastidores que são tão inacreditáveis que podem parecer mentira, mas são, de fato, verdadeiras.

Veja a seguir alguns fatos peculiares, insanos e totalmente estranhos dos filmes da Disney que parecem inacreditáveis demais para serem reais.

Bernardo e Bianca mostrou uma mulher nua

image-31 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Um dos exemplos mais notórios de mensagens ocultas nos filmes da Disney é o fato de que, por mais de 20 anos, havia uma imagem inapropriada em Bernardo e Bianca (1977). Um funcionário travesso resolveu inserir a foto de uma mulher com os seios à mostra em dois quadros do filme.

Ninguém percebeu no lançamento da animação em 1977, mas quando saiu a fita VHS em 1999, os espectadores perceberam, com o recurso de câmera lenta, que havia algo errado. Isso levou a Disney a recolher mais de 3,4 milhões de cópias das fitas, provando que a descoberta era real.

A cena mais icônica de A Dama e o Vagabundo quase foi cortada

image-29 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

A cena icônica da Dama e do Vagabundo compartilhando uma tigela de espaguete quase não entrou no clássico da Disney de 1955. O próprio Walt Disney estava cético sobre mostrar animais desfrutando de uma refeição juntos, mas o diretor de animação Frank Thomas o convenceu com uma versão de rascunho da cena. A preocupação era que faltaria sutileza e graça para dar um toque romântico. Felizmente, a cena entrou no filme e também foi recriada na versão live-action de 2019.

Especialistas em hienas pediram boicote a O Rei Leão

image-28 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

A representação das hienas como vilãs em O Rei Leão levou a pedidos de boicote por especialistas em hienas. Biólogos publicaram artigos buscando limpar o nome das hienas em todos os lugares, pois pesquisas subsequentes desmentiram muitos dos mitos sobre essas criaturas. Os especialistas ficaram furiosos com a forma como as hienas foram retratadas no filme como caçadoras ineptas e vilãs em geral. Um artigo de Laurence Frank, da Universidade da Califórnia, em Berkeley, também pedia um boicote a O Rei Leão.

Emma Watson recusou o papel de Cinderela antes de aceitar o papel de Bela

image-27 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Emma Watson recusou o papel de Cinderela porque acreditava que o personagem não fornecia um modelo feminista forte o suficiente para as meninas. Posteriormente, ela aceitou o papel de Bela na versão live-action de A Bela e a Fera de 2017, para a qual teve influência sobre a história de fundo da personagem.

Frase de Bambi era código para alertar sobre chegada de Walt Disney

image-26 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Durante a produção do filme Bambi, os animadores e a equipe adotaram a frase “O homem está na floresta” para sinalizar a chegada de Walt Disney, pois ele tinha grandes expectativas quanto à precisão do filme e visitava o estúdio com frequência para verificar seu andamento.

“O homem está na floresta” é a frase mais sinistra da animação, falada quando o homem sem rosto – o vilão do filme – chega à floresta para caçar.

Robin Hood usou animação reciclada da Disney

image-24 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Robin Hood (1973) reutilizou a animação de outros filmes da Disney como uma medida de corte de custos. A animação usou a técnica de rotoscopia para traçar as imagens existentes de Branca de Neve e os Sete Anões, Aristogatas e Mogli: O Menino Lobo.

O mesmo método foi usado em A Bela e a Fera, que “pegou emprestado” movimentos de dança de A Bela Adormecida. As medidas de corte de custos foram bem-sucedidas e o filme foi feito por cerca de US$ 5 milhões, permitindo que a Disney continuasse produzindo novas histórias.

Úrsula foi inspirada por uma drag queen

image-23 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Úrsula, a vilã de A Pequena Sereia, foi inspirada na drag queen Divine, que estrelou os filmes do diretor John Waters. O animador Rob Minkoff considerou vários designs para Ursula antes que o compositor Howard Ashman visse um esboço que lembrasse Divine e decidisse que era o visual perfeito para a personagem.

Infelizmente, Divine morreu antes do lançamento do filme, mas Jeffrey Schwarz, o diretor do documentário I Am Divine, acredita que ela teria amado o personagem e queria interpretar o papel.

Crianças não seguraram a bexiga em Branca de Neve

image-22 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

A estreia de Branca de Neve e os Sete Anões em 1937 foi tão assustadora que muitas crianças fizeram xixi na própria roupa de tanto medo durante a assustadora cena da floresta, fazendo com que uma sala de cinema em Nova York substituísse o estofamento de seus assentos.

O conteúdo sombrio do filme, apresentando assassinato e engano em nome da vaidade, foi considerado perturbador e assustador, com crianças menores de 16 anos na Inglaterra precisando de um dos pais para acompanhá-los para vê-lo. Alguns conteúdos perturbadores, como a morte da mãe de Branca de Neve, foram cortados da versão final do filme.

Enrolados é o filme de animação mais caro já feito

image-21 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Os filmes de animação da Disney tiveram um aumento significativo no orçamento ao longo dos anos, com Branca de Neve e os Sete Anões custando cerca de US$ 1,49 milhão (em torno de US$ 28 milhões quando ajustado pela inflação), enquanto Frozen II custou cerca de US$ 150 milhões. No entanto, o filme de animação mais caro já feito é Enrolados, de 2010, que custou incríveis US$ 260 milhões. O orçamento de O Rei Leão (2019) também foi de US$ 260 milhões, embora nesse caso seja uma estimativa.

O custo pode ser atribuído aos detalhes incríveis da animação, principalmente os 140.000 fios de cabelo individuais de Rapunzel, bem como a um processo de produção conturbado que passou por reescritas e uma mudança de foco antes de se tornar o filme que é hoje. O sucesso de Enrolados abriu caminho para os filmes modernos de princesas da Disney, incluindo Frozen, Moana e Raya e o Último Dragão.

Toy Story 2 quase foi deletado para sempre

image-20 10 fatos sobre filmes da Disney que parecem mentira, mas não são

Toy Story 2, da Pixar, quase foi deletado por acidente quando um entusiasmado membro da equipe executou um comando que apagou todos os arquivos. O sistema de backup também falhou, então a equipe ficou sem nenhuma cópia.

No entanto, a supervisora Galyn Susman estava trabalhando no filme em casa durante a licença maternidade e conseguiu restaurar os arquivos de seu computador pessoal. A equipe conseguiu juntar tudo e salvar a animação, embora muito do trabalho restaurado tenha sido descartado devido a extensas reescritas.

Todos os filmes mencionados neste artigo estão disponíveis no Disney+.

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário