Marvel Quer Aumentar Inclusão Social Em Suas Produções


Atualizado em 27/12/2020

Marvel-Inclusao-Social-1024x546 Marvel Quer Aumentar Inclusão Social Em Suas Produções
Chadwick Boseman (Pantera Negra) e Tessa Thompson (Valquíria)

A Marvel é a maior produtora de histórias em quadrinhos do mundo, com uma fatia de mercado maior do que qualquer outra empresa do setor. A editora já criou HQs fantásticas sobre diversos temas: invasão de alienígenas, guerra civil entre heróis, sagas galácticas, enfim, tantos assuntos distintos que fica difícil imaginar que existem novas formas de contar histórias. Mas há.

No Universo Cinematográfico Marvel, vimos nos últimos anos que a Disney, proprietária da marca, começou a incluir personagens negros e mulheres como protagonistas, indicando um caminho mais inclusivo nas novas produções.

A primeira super-heroína a estrelar seu próprio filme no cinema foi a “Mulher-Maravilha” em seu filme homônimo, resultando em sucesso de público e crítica. Dois anos depois a Marvel colocou no seu Universo Cinematográfico o longa “Capitã Marvel”, que, apesar de dividir opiniões do público, está entre as produções mais lucrativas da história do cinema, atingindo 1,12 bilhão de dólares de bilheteria, como você pode conferir nesse post:
28 Recordistas de Bilheteria para Assistir Agora Mesmo no Disney Plus

A atriz Tessa Thompson, que interpreta Valquíria, a primeira personagem abertamente LGBTQ+ da Marvel, revelou que as futuras produções do estúdio incluem diversidade e inclusão. O insider Daniel Richtman afirma que Kevin Feige, presidente da Marvel Studios, está determinado a abraçar a mudança, e não só isso, deseja que a maioria dos heróis do universo compartilhado sejam interpretados por mulheres ou atores de diferentes etnias.

Em relação às produções no meio audiovisual, o filme “Pantera-Negra” foi um divisor de águas. Pela primeira vez tivemos um filme de super-herói protagonizado nos cinemas por um negro. Infelizmente o destino não quis que Chadwick Boseman presenciasse as mudanças que estão por vir.

O Futuro do MCU

Ainda não foi anunciado nenhum filme envolvendo um personagem LGBTQ+ nos próximos anos como protagonista de algum filme, apesar do longa “Os Eternos”, com Angelina Jolie, ter o personagem Phastos anunciado como gay. O futuro é incerto, mas como a Marvel está focada em inclusão não estranhe ela anunciar nos próximos meses uma película com um personagem transsexual ou lésbica.

Nos próximos 10 anos o universo compartilhado da Marvel vai sofrer mudanças radicais, começando pelo volume gigantesco de novas produções, que certamente virão acompanhadas de combate à exclusão social nos filmes e séries a partir de 2021.

Leia também:
A Marvel tem Algumas Surpresas para os Fãs na Virada do Ano
Chadwick Boseman estará na Série Marvel “What If…?” do Disney+
Marvel: Série da Mulher-Hulk no Disney+ Será do Gênero Comédia
Uma Assinatura do Disney+ será Essencial aos Fãs de Marvel e Star Wars

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus


Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.