Homem-Aranha: Através do Aranhaverso pode ter confirmado papel de Tom Holland

Tom-Holland-em-Homem-Aranha-Atraves-do-Aranhaverso Homem-Aranha: Através do Aranhaverso pode ter confirmado papel de Tom Holland

O trailer mais recente de Homem-Aranha: Através do Aranhaverso foi lançado na madrugada desta terça-feira (04) e, dependendo da interpretação, parece ter confirmado a especulação de longa data sobre o envolvimento de Tom Holland na continuação animada.

O novo vídeo acompanha Miles Morales/Homem-Aranha (Shameik Moore) enquanto ele enfrenta uma nova ameaça sinistra conhecida como Mancha (Jason Schwartzman), que pode abrir portais interdimensionais. Apesar de suas melhores intenções, Miles se torna o alvo de seus eus alternativos que discordam de seus métodos de derrotar o misterioso vilão.

No entanto, uma menção de Miguel O’Hara/Homem-Aranha 2099, dublado por Oscar Isaac, chamou a atenção. Ele diz: “Doutor Estranho e o pequeno nerd na Terra-199999“. Essa parece ser uma referência aos eventos de Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, em que vimos Peter Parker solicitando um feitiço ao Doutor Strange (Benedict Cumberbatch) que acaba dando errado e abrindo as portas para outras realidades.

Sabemos que a franquia tem um histórico de participações especiais, mas vale notar que não houve confirmação oficial do envolvimento de Holland em Através do Aranhaverso, e a referência feita no trailer pode ser simplesmente um aceno para o multiverso mais amplo do Homem-Aranha.

O último rumor envolvendo o astro da Marvel diz que Miles Morales vai até uma dimensão live-action, onde encontrará a versão interpretada por Tom Holland. O relato do insider Jeff Sneider afirma que esse teria sido um dos motivos que contribuíram para o atraso do filme no ano passado.

Erro de continuidade no MCU?

Além de nos deixar desconfiados sobre uma possível participação especial de Tom Holland, o trailer também parece trazer um problema de continuidade do MCU. Quando o Homem-Aranha 2099 aparentemente se refere à realidade central do MCU como sendo ambientada na Terra-199999, isso contradiz algumas definições estabelecidas antes pelo estúdio.

Como vimos em Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, o MCU se desenrola na Terra-616, que é o mesmo conceito usado nos quadrinhos da Marvel. No entanto, há argumentos do outro lado também, e Iman Vellani, a Ms. Marvel, é uma das principais defensoras da ideia de que o MCU se passa no Universo-199999. O principal argumento é que os filmes e séries simplesmente são separados das páginas da Marvel Comics.

Diretor garantiu que o filme não será confuso

Independente de quantas dimensões aparecerão e qual será considerada a linha do tempo principal, a dúvida não deve permanecer após o lançamento do filme. Joaquim Dos Santos, um dos diretores de Através do Aranhaverso, assegurou isso em uma entrevista recente, afirmando que cada um dos universos da animação possui sua própria identidade “robusta”.

O cineasta acrescentou que, na prática, isso significa que cada uma das diferentes realidades do filme teve sua própria miniprodução. Ele comentou: “Fizemos essencialmente cinco filmes em um“.

É emocionante saber que Através do Aranhaverso oferecerá universos distintos e bem definidos. Os comentários de Joaquim Dos Santos sugerem que os espectadores podem esperar um filme visualmente deslumbrante e criativo que abraça plenamente as a conceito de multiverso.

Também é impressionante saber que a equipe de produção foi capaz de criar tantos mundos distintos em um único filme, o que é um bom presságio para a ambição e o escopo geral do projeto. Os fãs do vencedor do Oscar Homem-Aranha: No Aranhaverso (2018) certamente estão ansiosos para ver o que a sequência tem reservado e como ela expande a narrativa inovadora do primeiro filme.

Homem-Aranha: Através do Aranhaverso chega aos cinemas em 1º de junho de 2023.

Atualizado em 04/04/2023

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário