Disney planeja investir 33 Bilhões de dólares em conteúdo em 2022


Disney-Logo-1024x576 Disney planeja investir 33 Bilhões de dólares em conteúdo em 2022

Após a aquisição da Pixar, Lucasfilm, Marvel Studios, ESPN e 20th Century Fox (agora 20th Century Studios), a Disney, que já era um dos gigantes na geração de conteúdo, alcançou um patamar inimaginável. E este verdadeiro império parece não ter limites, já que, de acordo com um relatório do The Hollywood Reporter, a Casa do Mickey vai investir em 2022 US$ 8 bilhões a mais do que em 2021.

Segundo apurou o THR, a Disney planeja gastar 33 bilhões de dólares com conteúdo no próximo ano. Embora o investimento inclua diferentes mídias e conteúdo esportivo, o aumento é impulsionado principalmente pelas várias plataformas de streaming da Disney, como o Disney+, Hulu, ESPN+ e Star+. Com tantos projetos da Marvel e Star Wars planejados, é fácil ver para onde vai tanto dinheiro, mas obter direitos esportivos de ligas como NFL, NHL e NBA também é bastante caro.

Para fins de comparação, a Netflix, que ainda é a líder do segmento, vai investir algo em torno de US$ 14 bilhões. É uma quantia considerável, mas menos da metade do que a Disney planeja aplicar na geração de conteúdo. Como disse o co-fundador e ex-CEO da Netflix, Marc Randolph, no início do ano, a Disney “lutou para chegar a uma posição realmente forte“, e complementou: “É realmente uma guerra de quem está preparado para fazer o conteúdo“.

Durante o último evento de divulgação dos resultados financeiros, Bob Chapek, CEO da The Walt Disney Company, comemorou os avanços conquistados até agora e comentou a expectativa para o futuro a longo prazo:

“Este tem sido um ano muito produtivo para a The Walt Disney Company, pois fizemos grandes avanços na reabertura de nossos negócios, dando passos significativos e inovadores no serviço Direto ao Consumidor e em nossos parques, especialmente com nosso popular novo Disney Genie [aplicativo] e ofertas do Magic Key. Ao comemorarmos o aniversário de dois anos do Disney+, estamos extremamente satisfeitos com o sucesso de nosso negócio de streaming, com 179 milhões de assinaturas totais em nosso portfólio DTC (Direto ao Consumidor) no final do ano fiscal de 2021 e 60% de crescimento de assinantes ano a ano para o Disney+. Continuamos a gerenciar nosso negócio de DTC a longo prazo e estamos confiantes de que nosso entretenimento de alta qualidade e a expansão para outros mercados em todo o mundo nos permitirão aumentar ainda mais nossas plataformas de streaming globalmente.”

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Fonte: The Hollywood Reporter

Atualizado em 24/11/2021


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.