Disney deve lançar série sobre o caso Amanda Knox

Amanda-Knox Disney deve lançar série sobre o caso Amanda Knox

A Disney está em negociações para desenvolver uma minissérie sobre o famoso caso de Amanda Knox, a jovem injustamente condenada pela morte de sua colega de quarto. A produção ainda não foi confirmada, mas estaria na fase de busca por uma protagonista. O caso ficou conhecido principalmente nos Estados Unidos – país de origem da acusada – e na Itália – onde ocorreu o assassinato de Meredith Kercher.

De acordo com o Deadline, o projeto, ainda sem título, tem sido uma prioridade no Hulu, plataforma de streaming da DIsney nos EUA, há algum tempo, e atualmente está em andamento a seleção de elenco. Caso a produção ganhe a luz verde, as filmagens devem acontecer ainda este ano.

Knox fará a produção executiva da série ao lado do produtor vencedor do Emmy, Warren Littlefield (Fargo, The Handmaid’s Tale), e Monica Lewinsky – que foi centro de seu próprio escândalo nos anos 90. Além disso, o projeto está sendo escrito por KJ Steinberg, responsável por This Is Us, que também atua como produtor executivo.

Conheça o caso Amanda Knox

Em 2007, Amanda Knox, que tinha 20 anos de idade na época, estava fazendo um intercâmbio na Itália quando, certo dia, chegou em seu apartamento após passar a noite com seu namorado e encontrou a porta do quarto de Meredith Kercher, sua colega de quarto, trancada e com sangue no banheiro.

Por causa de sua conduta no momento das investigações policiais, os responsáveis pelo caso associaram Knox e seu chefe, Patrick Lumumba, ao assassinato. Embora Lumumba tenha sido rapidamente liberado da incriminação, Amanda e seu namorado foram condenados e sentenciados a 26 e 25 anos de prisão, respectivamente. Após 4 anos da prisão, entre 2009 e 2011, eles foram libertados e, posteriormente, em 2015, inocentados.

No processo, um assaltante da região, Rudy Guede, foi preso após a descoberta de suas impressões digitais marcadas com sangue nos pertences de Kercher. Mais tarde, ele foi considerado culpado do assassinato em um julgamento rápido e condenado a uma sentença de 30 anos de prisão, posteriormente reduzida para 16.

A minissérie sobre o caso ainda não tem previsão de estreia.

Atualizado em 10/01/2024

Foto do autor

Ana Gambale

Estudante de Cinema e Audiovisual, fã de Disney e Pixar, cultura pop e internet, viciada em k-pop e eterna amante de séries.

Deixe um comentário