A série Percy Jackson se inspirou no clássico E.T. O Extraterrestre

Percy-Jackson-e-ET A série Percy Jackson se inspirou no clássico E.T. O Extraterrestre

A nova série do Disney+, Percy Jackson e os Olimpianos, promete ser mais um hit global do streaming, seguindo o sucesso da amada franquia literária de Rick Riordan com seus oito episódios. Dado o investimento na produção, as apostas são que a série deve transformar os jovens atores Walker Scobell, Leah Sava Jeffries e Aryan Simhadri em sensações mundiais.

Percy Jackson e os Olimpianos pode ser para a Geração Z o que Harry Potter foi para os millennials. A história de aventura de Riordan segue Percy (Scobell), o filho semideus de 12 anos de Poseidon (Toby Stephens) e da humana Sally Jackson (Virginia Kull). A verdadeira identidade de Percy foi escondida dele durante toda a sua vida, mas tudo muda quando a névoa que separa os mundos humano e olímpico se dissipa, revelando a verdade.

Refugiado no Acampamento Meio-Sangue, onde os semideuses treinam, Percy é forçado a embarcar em uma perigosa missão para provar sua inocência quando Zeus (interpretado pelo falecido Lance Reddick) o acusa de roubar seu raio-mestre. Grover (Simhadri) e a semideusa Annabeth (Jeffries) se juntam a ele nesta jornada.

Diferentemente das adaptações anteriores dos livros de Riordan, que se desviaram significativamente do material original, desta vez o autor esteve envolvido em todas as etapas da produção, atuando como um dos criadores, produtor executivo e roteirista.

E.T. como fonte de inspiração

James Bobin, que dirigiu os dois primeiros episódios, citou E.T. O Extraterrestre, um clássico de Steven Spielberg, como inspiração visual e emocional para a série. Assim como o filme de 1982, Percy Jackson e os Olimpianos é uma história “emocionalmente fundamentada e muito real“, de acordo com ele, infundida com elementos sobrenaturais. “ET é um bom exemplo prático de como queríamos que fosse.

Bobin destaca que a série é muito vista pela perspectiva de Percy, proporcionando uma jornada imersiva pelo mundo a partir do ponto de vista de um garoto de 12 anos. A atuação de Scobell como Percy é elogiada por sua vulnerabilidade e carisma.

Gosto da ideia de que esta série é muito baseada na perspectiva de Percy. A ideia é que você faça a jornada com ele. Este mundo do ponto de vista de uma criança de 12 anos é um lugar realmente interessante para se estar

Elenco estelar

Além de Reddick e do trio principal, o elenco adulto da série inclui estrelas como Lin-Manuel Miranda, Timothy Omundson e Megan Mullally. Entretanto, de acordo com as primeiras reações, é a atuação de Virginia Kull como Sally, que impulsiona a trama e que realmente traz uma magia desde o primeiro episódio.

Percy Jackson promete um equilíbrio entre drama, comédia, ação e emoção, uma mistura que define o tom da série e deve manter o espectador envolvido do início ao fim.

Percy Jackson e os Olimpianos estreia com seus dois primeiros episódios em 20 de dezembro de 2023 no Disney+. A temporada cobre o enredo do primeiro livro da franquia.

Atualizado em 08/12/2023

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário