23 fatos incríveis sobre animações disponíveis no streaming da Disney


Embora a Disney lide frequentemente com fábulas, nem todas as produções da lendária empresa de animação foram um conto de fadas. Aqui estão alguns fatos fascinantes sobre algumas das animações mais famosas presentes no streaming da Disney.

Animações-Disney-1024x444 23 fatos incríveis sobre animações disponíveis no streaming da Disney

1. Todos esperavam que Branca de Neve e os Sete Anões seria um grande fracasso

Agora sabemos s que o filme foi um enorme sucesso, entretanto na época ninguém pensava que daria certo. Walt Disney fez vários empréstimos para financiar o filme, até hipotecando sua própria casa pra isso. Acreditando que isso arruinaria Walt financeiramente, os membros da equipe se referiram a Branca de Neve como “Loucura do Disney”. Até Lillian, esposa de Walt, pensou que o filme seria um desastre.

2. Dunga deveria ser um tagarela

Dunga, um dos anões de Branca de Neve, foi originalmente pensado como um faladeiro, mas os produtores não conseguiram encontrar uma voz que fosse adequada para o anão careca. Em vez de dublá-lo com uma voz que não combinasse, Dunga ficou em silêncio.

3. Branca de Neve foi o primeiro filme a divulgar uma trilha sonora

Em 1944, Branca de Neve se tornou o primeiro filme a lançar uma trilha sonora. O clássico também está disponível no streaming da Disney.

4. Mickey Mouse fez uma participação especial em Pinóquio

Mickey Mouse é o grande mascote da Walt Disney Corporation desde sua criação em 1928. O icônico personagem de desenho animado recebeu muitas atualizações ao longo dos anos, mas suas orelhas de rato, calça vermelha e luvas brancas são elementos básicos no design do ratinho – apenas três círculos bem posicionados são suficientes para criar a silhueta reconhecível do Mickey. Essa representação geométrica de Mickey Mouse é chamada de “Mickey Clássico”, que os artistas da Disney esconderam em vários filmes, incluindo Pinóquio. Depois que a Fada Azul transforma o boneco Pinóquio em um menino de madeira, Geppetto e seu gato Figaro e o peixe dourado Cléo comemoram sua chegada. Quando Pinóquio põe fogo no dedo, Geppetto corre para apagá-lo. Eles passam por uma cadeira que tem a forma da cabeça do Mickey.

Pinoquio-Mickey 23 fatos incríveis sobre animações disponíveis no streaming da Disney

5. Dumbo quase foi capa da revista TIME

A revista TIME tinha planos de homenagear Dumbo como “Mamífero do ano”. Mas então aconteceu o ataque a Pearl Harbor e eles optaram por uma cobertura mais séria, apesar de ainda chamarem o elefante animado de “Mamífero do Ano” em uma matéria de menor destaque.

6. Dumbo é o filme de animação mais curto da Disney

Com apenas 64 minutos de duração, Dumbo é a menor história da Disney. Walt foi aconselhado a estender a história, mas resistiu, dizendo: “Você pode esticar uma história a tal ponto que depois disso ela não se manterá unida”.

7. As células de Dumbo são extremamente valiosas

As células são folhas de celuloide transparente, utilizadas na produção de desenhos animados. Sem saber que um dia as células de animação originais valeriam muito dinheiro, os artistas não tiveram muito cuidado em preservar sua arte. Na verdade, era exatamente o oposto: enquanto os animadores estavam trabalhando em filmes como Fantasia e Dumbo, eles pegavam as células escorregadias e as usavam como prancha, deslizando pelos corredores. Entre isso e o fato de as tintas em tons de terra usadas na paleta de cores Dumbo serem mais propensas a descamação, quaisquer células restantes do filme estão entre os mais valiosos de qualquer filme da Disney.

8. O dono da voz de Bambi se tornou um herói de guerra condecorado

Donnie Dunagan passou 25 anos no Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos. Ele foi um veterano da Guerra do Vietnã, que subiu rapidamente na hierarquia, recebendo 13 promoções em 21 anos e diversas estrelas como reconhecimento de seus serviços. Quando se aposentou como Major em 1977, ele finalmente falou com seus colegas sobre um pequeno segredo que manteve todos esses anos: muito antes de dar ordens a novos recrutas, todos já haviam ouvido sua voz antes, como criança, quando ele era muito menos ameaçador. O Major Dunagan era a voz de Bambi.

9. Existe um transtorno psicológico conhecido como “Complexo de Bambi”

Bambi, o cervo bonitinho cuja mãe foi baleada e morta, também é o xará deste outro complexo (não reconhecido oficialmente pela Organização Mundial de Saúde). As pessoas afetadas pelo complexo de Bambi são muito sentimentais e simpatizantes da vida selvagem e animais selvagens. Eles geralmente têm sentimentos muito fortes contra a caça, incêndios controlados e qualquer tratamento desumano dos animais, especialmente os mais simpáticos, como os veados.

10. A Cinderela também tem um complexo

Uma pessoa, normalmente uma mulher, com o Complexo de Cinderela é muito dependente dos homens para fins emocionais e financeiros. Este complexo também é caracterizado pelo desejo de ser pega no colo e salva por um príncipe encantado. O termo foi cunhado em 1981 por Collette Downing, que escreveu o livro “O Complexo de Cinderela”, à venda na Amazon NESSE LINK. Isso ainda não é oficialmente reconhecido como um distúrbio psicológico, mas pode ajudar algumas mulheres a entenderem por que se sentem assim.

11. Cinderela contém o momento favorito de Walt Disney em uma animação

Diz-se que o momento em que a fada madrinha transforma o vestido rasgado de Cinderela em um lindo vestido de princesa é o trecho de animação favorito de Walt Disney. Foi desenhado por Marc Davis, um dos chamados “Os Nove Anciões”, principais animadores da “The Walt Disney Company”, que criaram alguns dos desenhos animados mais famosos da Disney.

12. ‘A Dama e o Vagabundo’ foi inspirado por uma cachorrinha de verdade chamada Lady (dama em inglês)

Em 1937, o escritor da Disney Joe Grant mostrou a Walt Disney alguns esboços que ele havia feito de sua cachorrinha Lady, da raça Springer Spaniel. Walt ficou impressionado e incentivou Joe a criar um esboço (storyboard) completo. Como na ficção, a Lady da vida real estava aprendendo a lidar com o novo bebê de seus donos, o que serviu de inspiração principal para o enredo de Joe Grant. No final, Walt não ficou empolgado com o enredo e a ideia foi descartada. Vários anos depois, Walt Disney leu uma história de Ward Greene, da revista Cosmopolitan, intitulada “Happy Dan, the Whistling Dog” (Dan Feliz, o cão assobiador). Ele acreditava que as duas ideias poderiam ser combinadas para criar uma história mais forte, e pediu a Greene que a apresentasse.

13. A cena do espaguete em ‘A Dama e o Vagabundo’ quase não aconteceu

Essa é uma das cenas mais famosas (e parodiadas) de todos os tempos, mas Walt era contra. Embora ele quisesse que os cães tivessem emoções humanas, ele simplesmente não conseguia conceber dois cães compartilhando romanticamente um fio de espaguete. Se você já viu seus cães brigando por um prato de sobras, pode imaginar o motivo. Walt Disney acabou cedendo depois que o animador Frank Thomas elaborou um rascunho para mostrar como isso poderia funcionar.

14. ‘A Dama e o Vagabundo’ foi a primeira animação feita em widescreen

O formato de filme widescreen era uma tecnologia totalmente nova na época. Embora o objetivo fosse ajudar o espectador a obter uma ampla visão das paisagens e cenários, nem todos pensaram que o formato se encaixava tão bem no filme. Um crítico do New York Times chegou a dizer que esse formato contribuiria para evidenciar falhas no filme.

15. ‘A Bela Adormecida’ foi um fracasso de bilheteria

Em 1959, ‘A Bela Adormecida’ foi tão mal nas bilheterias (pelo menos em comparação com o custo de produção) que Walt Disney decidiu que os filmes de princesa não eram exatamente a onda do futuro. A empresa não fez outro filme de princesa até 30 anos depois, quando ‘A Pequena Sereia’ foi lançada em 1989.

16. ‘101 Dálmatas’ foi o primeiro filme a utilizar a tecnologia XEROX

‘101 Dálmatas’ foi o primeiro recurso a usar a tecnologia Xerox para transferir desenhos para células, economizando muito tempo, dinheiro e pessoas. O estilo Xerox é o que dá ao filme uma aparência esboçada, em oposição às linhas nítidas vistas nos filmes anteriores da Disney. Walt Disney fala abertamente que não gostava dessa estética irregular.

17. Aristogatas foi o primeiro filme Disney produzido após a morte de Walt Disney

Embora alguns críticos achem que a ausência da direção de Walt tenha prejudicado o filme, o The New York Times adorou, dizendo: “Que Deus abençoe a organização Walt Disney por Aristogatas, uma divertida, calorosa e doce animação. Como sempre, um desenho animado para marcar o brilho do Natal”.

Foi também o último filme a ser aprovado diretamente por Walt Disney. Dessa forma, é o último filme que termina com a linha “Uma produção de Walt Disney”.

18. ‘A Pequena Sereia’ foi um dos primeiros filmes a usar a animação computadorizada da PIXAR

A maneira usual de fazer desenhos animados sempre foi transferindo os desenhos dos animadores para o celulóide e depois pintando o verso. Esse processo pode gerar bons resultados, mas obviamente era demorado. O programa da Pixar permitiu que os animadores enviassem desenhos para um computador carregado com uma paleta de cores infinita, capaz de misturas e transparências incrivelmente sutis. Embora os computadores tenham sido usados ​​em poucas cenas de ‘A Pequena Sereia’, a Pixar continuou desenvolvendo o processo até a animação por computador se tornar o padrão para lançamentos de qualidade da Disney.

19. As frases do Gênio de Aladdin foram gravadas em até 20 vezes diferentes

Robin Williams estava disponível apenas para algumas sessões de gravação. Então, ele disparava rapidamente cada fala, conforme escrito, em tantos estilos diferentes quanto ele poderia criar. “Robin tinha muita liberdade, e sempre foi incentivado a isso”, disse Goldberg à Entertainment Weekly. “Ele sempre nos dava uma quantidade grande de escolha. Ele faria uma frase como foi escrita, mas faria 20 personagens diferentes… Nós levávamos essas gravações de volta ao estúdio e aquelas que nos faziam rir mais e eram as que pensávamos serem mais adequadas”.

20. O Rei Leão foi a primeira animação Original da Disney

O Rei Leão foi o primeiro filme de animação da Disney a apresentar uma história completamente original – ou seja, que não era uma adaptação de uma história preexistente.

21. ‘Hakuna Matata’ não estava no script original de ‘O Rei Leão

Em vez disso, havia uma música sobre como comer insetos. De acordo com o co-diretor Rob Minkoff, “Não conseguimos convencer a todos que fazer uma música inteira sobre comer insetos era uma boa ideia. Logo depois, a equipe de pesquisa voltou de sua viagem à África com a frase ‘Hakuna Matata’. falei sobre isso em uma reunião com Tim Rice – e foi aí que a ideia surgiu. Lembro-me de Tim dizendo: ‘Hmmm … Hakuna Matata. É um pouco como Bibbidi-bobbidi-boo’. Uma música nasceu!”.

22. Um pesquisador de Hienas processou a Disney por causa de ‘O Rei Leão’

O pesquisador alegou que estava processando a Disney por ‘difamação de caráter’ pela maneira como os animais foram retratados no filme.

23. Mickey Mouse não foi o primeiro personagem criado por Walt Disney

Desde sua primeira aparição há 90 anos, Mickey Mouse se tornou um ícone mundial, provavelmente o personagem de desenho animado mais popular da história do entretenimento. No entanto, o que muitos não sabem é que Walt Disney criou um personagem parecido alguns anos antes do Mickey, chamado Oswald, o Coelho Sortudo, que inclusive deve aparecer no streaming da Disney como uma nova série exclusiva.

Atualizado em 24/10/2020


1 comentário

  1. Achei interessante algumas de suas observações, porém sinto ter de alertar que o Rei Leão não é bem uma história original. Ele foi baseado, ao menos parcialmente, em Hamlet, de William Shakespeare, pois é possível interpretar tanto o posicionamento dos personagens como o enredo em si, mas assim como Oliver e sua turma (baseados em Oliver Twist, de Dickens) o estúdio optou por metamorfosear muito a obra original.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.