Streamings da Disney começam o mês removendo mais conteúdos; veja a lista

O-Patriota-Mel-Gibson Streamings da Disney começam o mês removendo mais conteúdos; veja a lista

A Disney inicia o mês de outubro reduzindo a oferta de conteúdos disponíveis em suas plataformas de streaming, Disney+ e Star+. Nesta madrugada, sem aviso prévio, a empresa removeu seis filmes, dois documentários e uma série de seus catálogos.

No mês anterior, as duas plataformas já haviam retirado juntas mais de 40 títulos, incluindo vários vencedores do Oscar, como Filadélfia (1993), Bela Vingança (2020), O Quarto de Jack (2015), Nascido em 4 de Julho (1989), Perfume de Mulher (1993) e até mesmo uma série animada do universo Frozen.

Filmes e Série removidos

Disney+

image-136 Streamings da Disney começam o mês removendo mais conteúdos; veja a lista

Do Disney+, foram retirados o documentário da National Geographic, Greta Thunberg: O Futuro é Hoje (2020) e Alvin e os Esquilos (2007), o último filme da franquia que ainda estava disponível na plataforma. A adorada série brasileira Cocoricó também não está mais acessível aos assinantes do Disney+.

Star+

Angelina-Jolie-em-Salt Streamings da Disney começam o mês removendo mais conteúdos; veja a lista

Já no Star+, foram removidos títulos notáveis como O Patriota (2000), um filme de ação e guerra histórico com Mel Gibson que foi indicado ao Oscar nas categorias de Melhor Som, Melhor Trilha Sonora e Melhor Fotografia, e Salt (2010), thriller estrelado por Angelina Jolie e Liev Schreiber.

The Wonderful: Stories from the Space Station (2021), um documentário sobre a Estação Espacial Internacional; Em Meus Sonhos (2015), romance de fantasia Katharine McPhee e Mike Vogel, Mama (2013), um filme de terror com Jessica Chastain e Nikolaj Coster-Waldau; e Milagres do Paraíso (2016), drama com Jennifer Garner e Eugenio Derbez, também foram retirados do catálogo.

Consequências para os assinantes

Essas remoções, especialmente sem aviso prévio, são frustrantes para os assinantes, que podiam ter planos de assistir a esses títulos no futuro. Nós do Guia Disney+ Brasil conseguimos monitorar em tempo real tudo o que entra e tudo o que sai, mas é difícil prever quais títulos estão com os dias contados.

Por causa disso, é sempre uma boa prática verificar regularmente sua lista de filmes e séries pendentes para assistir e vê-los o quanto antes para evitar surpresas desagradáveis. Ainda não está claro se a Disney planeja reintegrar esses títulos aos seus serviços de streaming no futuro, como aconteceu com Boyhood: Da Infância à Juventude (2014), reinserido poucos dias após sua remoção.

Em tempos em que as plataformas de vídeo sob demanda estão em constante competição por assinantes, a manutenção de um catálogo robusto e diversificado é essencial. Resta aguardar para ver como a Disney planeja equilibrar essas remoções com a adição de novos conteúdos.

Atualizado em 01/10/2023

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.