Randall Park diz qual é a verdadeira lição de Barbie

Jimmy-Woo-em-WandaVision Randall Park diz qual é a verdadeira lição de Barbie

Randall Park, conhecido por seus papéis nos universos cinematográficos da Marvel e da DC, compartilhou suas perspectivas sobre a representação asiática em Hollywood, sua estreia como diretor em Shortcomings, e a interpretação equivocada da indústria sobre o sucesso estrondoso de Barbie.

Em uma entrevista para a Rolling Stone, Park apontou uma discrepância gritante nas prioridades da indústria, usando o recente filme estrelado por Margot Robbie como exemplo ilustrativo da visão errônea de Hollywood sobre o sucesso.

“Eu sinto que, de maneira geral, esta indústria está tirando lições equivocadas“, enfatizou Park. “Por exemplo, Barbie é esse grande sucesso de bilheteria, e a ideia é: Façam mais filmes sobre brinquedos! Não! Façam mais filmes feitos por e sobre mulheres!

Park também expressou reconhecimento pela importância de Podres de Ricos (2018) e seu impacto profundo. O filme marcou um momento crucial para os descendentes de asiáticos nos Estados Unidos, e Park destacou que seu sucesso evidenciou o apelo universal de narrativas de origens diversas e sub-representadas.

Isso, em sua opinião, desacreditou a ideia de que tais histórias não se conectariam com públicos mainstream, especialmente em algumas regiões dos Estados Unidos. Além disso, Park elogiou a originalidade do vencedor do Oscar Tudo em Todo o Lugar ao Mesmo Tempo por criar uma narrativa que impactou profundamente os espectadores.

“Para mim, eu estava muito consciente e em apoio à importância de Podres de Ricos. Parecia o início de algo, sabe? De uma mudança na cultura para os asiático-americanos, e acho que realmente refletiu no grande sucesso daquele filme. Não foram apenas os asiáticos que assistiram ao filme — foram tantas pessoas diferentes. Do meu ponto de vista, nesta indústria, nos disseram repetidamente que nossas histórias não se conectariam com a região da região central dos EUA. Eles não entenderiam e não seriam capazes de se identificar com nossas histórias. Isso provou que essas histórias são universais, afinal, e para todos.”

Refletindo sobre suas experiências anteriores na fundação de companhias de teatro durante seu tempo na UCLA, Park relembrou o talento e as conexões que surgiram desses empreendimentos, incluindo Ali Wong e Michael Golamco.

Esses laços contribuíram para uma presença asiático-americana crescente no mundo do entretenimento. Park reconheceu os obstáculos que enfrentou, relembrando os desafios das audições para papéis estereotipados. Ele atribuiu sua resiliência a se concentrar em elementos que podia controlar e superar gradualmente os obstáculos.

Abordando as dificuldades de produzir Shortcomings no cenário contemporâneo de Hollywood, Park disse que, apesar de contratempos iniciais, eles obtiveram apoio financeiro de empresas como Topic e Tango.

O filme Shortcomings é sobre o quê?

Shortcomings Randall Park diz qual é a verdadeira lição de Barbie

Ben, um cineasta em dificuldades, mora em Berkeley, Califórnia, com sua namorada Miko, que trabalha em um festival de cinema asiático-americano local. Quando ele não está gerenciando um cinema de arte como seu emprego diurno, Ben passa seu tempo obcecado por mulheres loiras inacessíveis, assistindo a DVDs da Criterion Collection e comendo em lanchonetes com sua melhor amiga Alice, uma estudante de pós-graduação queer com um hábito de encontros em série. Quando Miko se muda para Nova York para um estágio, Ben fica por conta própria e começa a explorar o que ele acha que pode querer.

O filme aborda temas de pretensiosismo, relacionamentos e racismo internalizado. Estreando no Festival de Cinema de Sundance com aclamação, Shortcomings foi exibido em apenas alguns cinemas selecionados em meio ao fenômeno de bilheteria, rebatizado por Park como “Barbenheimercomings”.

Barbie está em cartaz nos cinemas. Shortcomings não tem previsão de lançamento no Brasil.

Atualizado em 16/08/2023

Foto do autor

Luiz Junqueira

Luiz Junqueira é engenheiro da computação e especialista em entretenimento, com um olhar analítico sobre filmes, séries e quadrinhos. Combina sua formação técnica com uma grande paixão pelo universo da cultura pop, se dedicando a trazer para os leitores artigos informativos e precisos.

Deixe um comentário