Policial é preso em Parque da Disney por conduta violenta

Policia-Disney Policial é preso em Parque da Disney por conduta violenta

Em um incidente que desafia a magia e a alegria associadas à Disney World, um policial de Massachusetts, Duane Danforth, de 38 anos, foi preso no parque temático EPCOT após uma série de ações. Segundo o relatório da OCSO (Orange County Sheriff’s Office), Danforth, visivelmente bêbado e carregando uma criança, empurrou um delegado e ameaçou matar membros da equipe do parque.

O incidente ocorreu na noite de 30 de janeiro, no espaço para eventos United Kingdom Lochside, localizado dentro de EPCOT. De acordo com o depoimento dos funcionários do parque, Danforth tentou adentrar uma área restrita a um evento privado.

Ao ser instruído por um funcionário da Disney a contornar o local, Danforth teria retornado e começado a remover as cordas que delimitavam o espaço, proferindo ameaças de morte ao funcionário.

Um segundo membro da equipe do parque, testemunha da confusão, descreveu Danforth como tendo “um olhar insano nos olhos e aparentando estar intoxicado”, enquanto segurava uma menina pequena no braço esquerdo. Outras testemunhas e um empregado da Disney apresentaram vídeos gravados em celulares que capturaram o momento em que Danforth empurrou os funcionários e avançou agressivamente através da multidão.

Confronto com um delegado

image-14 Policial é preso em Parque da Disney por conduta violenta

Ao ser abordado por um delegado que tentava intervir, Danforth teria “golpeado intencionalmente” o oficial, empurrando-o. Após resistir à prisão, o policial foi finalmente imobilizado e algemado. Durante o confronto, Danforth reconheceu que sabia estar lidando com um oficial da lei e admitiu que “não deveria ter empurrado” o delegado.

Após o incidente, Danforth foi levado ao Hospital Orlando Health Dr. P. Phillips devido a ferimentos leves e, posteriormente, levado sem maiores incidentes. Liberado após a redução de sua fiança, com condições especiais de pré-julgamento que incluem a proibição de retornar ao EPCOT e a entrega de suas armas, Danforth foi autorizado a voltar para Massachusetts.

Enquanto isso, o Departamento de Polícia de Brookline, onde Danforth atua como detetive, colocou-o em licença remunerada. A chefe de polícia, Jennifer Paster, emitiu uma declaração informando que Danforth permanecerá afastado até a conclusão de uma investigação interna sobre o incidente.

Ela destacou: “Ele permanecerá de licença, aguardando o resultado de uma investigação interna sobre o incidente.”

O incidente está sob investigação para determinar todas as circunstâncias e motivos que levaram a estas ações inesperadas.

Via Fox News

Atualizado em 08/02/2024

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário