O Exterminador do Futuro e Avatar surgiram a partir de sonhos

O-Exterminador-do-Futuro-e-Avatar O Exterminador do Futuro e Avatar surgiram a partir de sonhos

Pode parecer que os filmes de O Exterminador do Futuro e Avatar não tenham relação, mas essas duas franquias compartilham uma fonte de inspiração peculiar. A carreira do diretor James Cameron é diversificada, mas ele retorna frequentemente a alguns temas centrais. Seja em Alien, O Exterminador do Futuro ou Avatar, os projetos de Cameron exploram o desequilíbrio da natureza pelas mãos dos humanos através de experimentos científicos ambiciosos. Curiosamente, muitos dos filmes de Cameron também enfatizam a tecnologia militar moderna e sofisticada.

No entanto, as franquias do cineasta compartilham mais do que apenas semelhanças temáticas. Tanto os Na’vi de Avatar quanto o icônico Exterminador original de 1984 têm sua origem em uma fonte inesperada.

Mãe de Cameron sonhou com uma mulher azul

Neytiri-Avatar-2 O Exterminador do Futuro e Avatar surgiram a partir de sonhos

Embora Cameron geralmente se inspire na história, na natureza e em filmes anteriores para moldar seus personagens, os designs dos Na’vi e do Exterminador surgiram de uma inspiração menos óbvia. Em ambos os casos, Cameron revelou que utilizou tanto seus próprios sonhos quanto os sonhos de sua mãe como referências visuais ao criar a aparência deles.

“Minha mãe disse: ‘Eu tive esse sonho com uma mulher azul de 3,6 metros de altura.’ E eu pensei, isso é uma imagem interessante. Então, em 76 ou 77, eu estava escrevendo meu primeiro roteiro, uma grande história de ficção científica que se passava em vários planetas. No final do filme, havia esse planeta com uma população nativa de 3,6 metros de altura e azul. Então, quando comecei a escrever Avatar, eu tinha feito algumas pinturas de como eles seriam. Campos roxos de grama ondulante e essas pessoas azuis com grandes olhos dourados, e eu pensei, ‘Por que não voltar a isso, aquilo era bem legal?‘”, ele revelou ao SFGATE.

Desde as impressionantes Montanhas Hallelujah de Pandora até as fascinantes criaturas e as banshees das montanhas que habitam o planeta alienígena, a criação do universo de Avatar exigiu uma grande dose de imaginação. No entanto, quando se tratou de projetar os seres indígenas, Cameron já tinha um ponto de partida graças ao vívido sonho de sua mãe.

Cameron sonhou com o T-800

image-25 O Exterminador do Futuro e Avatar surgiram a partir de sonhos

Da mesma forma, Cameron teve um sonho significativo que influenciou seu processo criativo. Enquanto se recuperava no hospital devido ao esgotamento causado pela produção de seu primeiro longa-metragem, ele sonhou com o T-800 emergindo das chamas como um exoesqueleto derretido. Esse sonho acabou moldando sua visão do icônico Exterminador de Arnold Schwarzenegger.

Embora o filme inicial de Cameron, Piranha 2: Assassinas Voadoras, não seja considerado uma obra-prima reverenciada nos dias de hoje, ele desempenhou um papel crucial no surgimento de toda a franquia O Exterminador do Futuro. Foi durante a produção dessa sequência que Cameron concebeu pela primeira vez a ideia do ciborgue assassino, inspirado por um sonho febril.

Eu estava doente, não sei com o quê, algum vírus tipo gripe e tive um pouco de febre e acabei de ter um sonho. Foi uma imagem que me lembrei quando acordei. Uma imagem de um esqueleto cromado emergindo de um incêndio“, disse ele à GQ.

Avatar (2009) e Avatar: O Caminho da Água (2022) estão no Disney+. O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio (2019) e O Exterminador do Futuro: Gênesis (2015) podem ser assistidos no Star+.

Atualizado em 26/08/2023

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário