James Gunn faz comentários duros sobre crítica de Martin Scorsese aos filmes da Marvel


James-Gunn-e-Martin-Scorsese-1024x576 James Gunn faz comentários duros sobre crítica de Martin Scorsese aos filmes da Marvel

Em 2019, Martin Scorsese estava promovendo seu filme O Irlandês e fez comentários negativos sobre as produções da Marvel que mexeram não só com a paixão dos fãs mas com o lado profissional de muita gente na indústria cinematográfica, criando uma polêmica que ganhou destaque em todos os portais de notícia. Na época, Scorsese falou em uma entrevista que os filmes da Marvel “não são cinema”.

Agora, dois anos depois, James Gunn, diretor da franquia Guardiões da Galáxia e do novo O Esquadrão Suicida, revisou os comentários de Scorsese no podcast Happy Sad Confused e não foi econômico nas palavras.

Eu só acho que parece muito cínico que ele continue se manifestando contra a Marvel e isso é a única coisa que dá atenção para seu filme. Então, ele continuou se manifestando contra a Marvel para conseguir a imprensa para seu filme. Ele está criando seu filme à sombra dos filmes da Marvel, e então ele usa isso para chamar a atenção para algo que ele não estava recebendo tanta atenção quanto queria.

Embora James Gunn tenha admitido que as palavras de Martin Scorsese o magoaram, ele também concordou com algumas de suas críticas:

Ele é um dos maiores cineastas que já existiram. Eu amo seus filmes. Posso assistir seus filmes sem nenhum problema. E ele disse muitas coisas com as quais concordo. Muitas coisas são verdadeiras sobre o que ele disse. Existem muitos filmes de espetáculo sem coração e sem alma por aí que não refletem o que deveria estar acontecendo. Não sei quantas vezes conversei com diretores de cinema antes de eles fazerem um grande filme e disse: ‘Ei, estamos nisso juntos, vamos fazer algo diferente com esses grandes filmes. Vamos torná-los algo diferente de tudo o que veio antes deles.’ E depois vê-los atender a todos os caprichos do estúdio e serem nojentos, francamente.

Mais tarde no Twitter, James Gunn falou um pouco mais sobre seu amor pelo trabalho de Martin Scorsese e deixou bem claro que só há esse ponto de discordância entre eles:

Também para registro, Martin Scorsese é provavelmente o maior cineasta americano vivo do mundo. Eu amo e estudo seus filmes e continuarei a amar e estudar seus filmes. Não concordo com ele apenas em um ponto: que filmes baseados em quadrinhos não são, por natureza, cinema, só isso.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Via Happy Sad Confused

Atualizado em 24/12/2021


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.