Get Back: Documentário dos Beatles no Disney+ derruba velho mito sobre Yoko Ono


Yoko-Ono-Beatles-Get-Back-Disney-Plus-1024x576 Get Back: Documentário dos Beatles no Disney+ derruba velho mito sobre Yoko Ono

The Beatles: Get Back elucida uma antiga teoria de que Yoko Ono teria sido responsável pela separação da aclamada banda britânica. O documentário de Peter Jackson chegou no último fim de semana ao Disney+ e mostra as sessões de gravação do álbum Let It Be em janeiro de 1969, a partir das filmagens de  Michael Lindsay-Hogg.

Nele, é possível entender um boato sobre os Beatles envolvendo Yoko Ono. Embora muitos fãs sempre tenham culpado a artista japonesa pela separação da banda, o material exibido em Get Back prova que não foi isso que aconteceu. Ao longo das sessões, os membros da banda John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr são vistos frequentemente em conflito uns com os outros, fato que eles fizeram pouca questão de esconder das câmeras. 

Eventualmente, foram essas tensões que resultaram no término permanente do grupo, em 1970. Muitos outros fatores também contribuíram para a separação dos Beatles, incluindo o uso de drogas de John e seu subsequente desligamento da banda. Além disso, após a morte de seu ex-empresário, Brian Epstein, em 1967, eles ficaram desorientados e a dinâmica do grupo mudou à medida que eles se afastaram.

Entenda o envolvimento de Yoko Ono com os Beatles

Yoko Ono era uma artista vanguardista do Japão, que conheceu John Lennon em 1966 em um de seus shows em Londres. Os dois se casaram em março de 1969 e, por causa da popularidade do cantor, o casal era altamente controverso e o público desaprovava as excentricidades e ideias provocativas de Yoko sobre arte.

Embora os dois fossem inseparáveis, como pode ser visto claramente no documentário de Peter Jackson, uma vez que Yoko é uma presença constante ao lado de John, também fica claro que ela estava longe de ser intrusiva. Além do mais, o documentário mostra os esforços amigáveis ​​de todas as partes para se acomodarem e interagirem uns com os outros, ainda que permanecessem fiéis a suas próprias personalidades e gostos.

Outra questão importante que é esclarecida no especial de três partes é a participação de Paul McCartney na separação dos Beatles. Por muitos anos, ele também recebeu parte da culpa pelo fim da banda, já que ele foi retratado como uma pessoa controladora e difícil. O documentário defende tanto Yoko quanto ele, deixando claro que Paul assumiu as rédeas da maneira que fez porque era a única solução encontrada. Caso contrário, o álbum nunca seria finalizado.

The Beatles: Get Back está disponível no Disney+.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 29/11/2021


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.