Frozen ajudou a resolver mistério sobre a morte de 9 jovens

Frozen-Anna-e-Elsa Frozen ajudou a resolver mistério sobre a morte de 9 jovens

Frozen: Uma Aventura Congelante, lançado originalmente em 2013, é sem dúvida um dos filmes de animação mais bem-sucedidos das últimas décadas. Além do seu sucesso financeiro e da trilha sonora contagiosa, a animação dirigida por Chris Buck e Jennifer Lee mostrou-se extremamente valiosa para a comunidade científica. De forma surpreendente, Frozen foi crucial para esclarecer um mistério que intrigou o mundo por mais de meio século.

O que foi o Incidente do Passo Dyatlov?

Incidente-do-Passo-Dyatlov Frozen ajudou a resolver mistério sobre a morte de 9 jovens

O Incidente do Passo Dyatlov foi um evento bizarro que aconteceu na antiga União Soviética em 1959, quando nove jovens estudantes da região de Urais, liderados por Igor Dyatlov, aventuraram-se nos Montes Urais, uma cordilheira de montanhas na Rússia.

A expedição terminou em tragédia, com os corpos dos participantes sendo encontrados em um estado aterrorizante – crânios fraturados, ferimentos graves no peito e, no caso de Lyudmila Dubinina, a ausência da língua.

Entre os corpos e o acampamento, a cena que os investigadores encontraram foi igualmente peculiar: muitos membros do grupo haviam removido casacos, sapatos e esquis ao longo do caminho, apesar da neve pesada e das temperaturas congelantes de -20 graus Celsius. A única tenda mostrava sinais de ter sido cortada de dentro para fora, como se algo tivesse assustado o grupo a ponto de forçá-los a sair no meio da noite quase sem roupas.

A hipótese da avalanche e a contribuição de Frozen

Incidente-do-Passo-Dyatlov-acampamento Frozen ajudou a resolver mistério sobre a morte de 9 jovens

Durante décadas, várias teorias conspiratórias surgiram para explicar o incidente, desde a presença do Yeti, o abominável homem das neves, até testes secretos de armas. Porém, em 2021, um artigo de pesquisadores suíços sugeriu que “uma pequena avalanche atrasada” poderia ter sido responsável pela morte dos nove alpinistas.

A animação Frozen teve um papel crucial na comprovação dessa teoria. Os pesquisadores recorreram aos animadores da Disney Animation para o código que eles usaram para criar neve realista no filme.

Alexander Puzrin, engenheiro geotécnico do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETHZ), e Johan Gaume, chefe do Laboratório de Simulação de Avalanche de Neve na Escola Politécnica Federal de Lausanne (EPFL), desmontaram muitas das dúvidas sobre a teoria da avalanche.

O código de Frozen e estudos feitos pela General Motors nos anos 70 foram utilizados para mostrar que um bloco de neve de apenas 5 metros de comprimento poderia, de fato, causar as lesões encontradas nos corpos, sem ser fatal imediatamente, deixando suas vítimas a morrer no rescaldo, talvez fugindo na neve.

Embora ainda haja muito a ser respondido sobre o Incidente do Passo Dyatlov, uma parte dessa história agora pode ser vista com muito mais clareza, graças a um filme de animação lançado 54 anos após o evento. Frozen, mais do que um sucesso de bilheteria, tornou-se uma ferramenta inesperada na solução de um dos grandes mistérios da história da Rússia/União Soviética.

Frozen: Uma Aventura Congelante e Frozen 2 estão disponíveis no Disney+.

Atualizado em 29/01/2024

Foto do autor

Luiz Junqueira

Luiz Junqueira é engenheiro da computação e especialista em entretenimento, com um olhar analítico sobre filmes, séries e quadrinhos. Combina sua formação técnica com uma grande paixão pelo universo da cultura pop, se dedicando a trazer para os leitores artigos informativos e precisos.

Deixe um comentário