Entenda por que a série Y: The Last Man foi cancelada de repente


Y-The-Last-Man-Cancelada-1024x576 Entenda por que a série Y: The Last Man foi cancelada de repente

No último domingo (17), os fãs de Y: The Last Man foram surpreendidos com a notícia de que a série foi cancelada sem ao menos chegar ao fim da primeira temporada no Star+. A informação foi compartilhada no Twitter pela própria showrunner da produção, Eliza Clark. Embora tenha elogiado toda a equipe e a parceria do FX, que produziu a primeira temporada, ela não deixou claro os motivos que levaram ao cancelamento.

A adaptação dos quadrinhos de Brian K. Vaughan e Pia Guerra demorou mais de uma década para sair do papel, e agora um novo artigo do The Hollywood Reporter indica que a opção do FX pela não continuidade não tem relação com o número de visualizações ou recepção do público.

Como observa o THR, o cancelamento da série foi um tanto estranho para uma produção do FX, que raramente interrompe seus programas e geralmente anuncia as temporadas finais com antecedência, especialmente depois que se tornou parte do conglomerado da Disney. Mas no caso de Y: The Last Man, ainda havia três episódios restantes no momento em que o anúncio veio a público.

Orçamento

De acordo com as fontes do The Hollywood Reporter, o destino da série foi definido exclusivamente por preocupações financeiras. Ao longo de um período de cinco anos, o projeto enfrentou um obstáculo após o outro, incluindo mudança de showrunner e várias reformulações que exigiram refilmagens.

A pandemia do COVID-19 veio e adiou ainda mais as gravações. Por causa de todos os atrasos, o FX precisou estender os contratos de atores e atrizes, incluindo a renomada Diane Lane e Ben Schnetzer, o protagonista Yorick Brown. Essas ações resultaram em aumentos inesperados dos custos, com a série chegando perto de atingir o orçamento de US$ 8,5 milhões por episódio.

image-104 Entenda por que a série Y: The Last Man foi cancelada de repente
Em Y: The Last Man, Diane Lane é Jennifer Brown, a mãe de Yorick

Segundo as informações, Clark apresentou ao FX no mês passado uma proposta para a segunda temporada da série, mas os executivos se recusaram a pagar mais US$ 3 milhões que teriam custado para estender novamente os contratos do elenco. Tais acordos expiraram no dia 15 de outubro, e o FX precisava tomar uma decisão sobre o futuro da série.

O futuro de Y: The Last Man

Ainda de acordo com a reportagem, fontes indicaram que o destino mais provável para uma eventual segunda temporada é o HBO Max, pelo fato de pertencer à WarnerMedia, que por sua vez possui a DC Comics, editora norte-americana que publicou a aclamada série de quadrinhos Y: The Last Man sob o selo Vertigo.

Apesar do futuro incerto, Eliza Clark ainda tem esperança na continuidade da produção: “Sabemos que alguém vai ter a sorte de ter esse time e essa história. Nunca vivi uma solidariedade tão notável com gente desse talento. Estamos comprometidos em encontrar a próxima casa para Y.”

Qual é a história de Y: The Last Man?

A série dramática Y: The Last Man mostra um tipo de realidade alternativa semelhante a The Walking Dead, ao mostrar como os seres humanos reagem quando as regras anteriores do mundo simplesmente desaparecem. A história se passa num mundo pós-apocalíptico, em que um evento cataclísmico acaba com todos os mamíferos do sexo masculino, incluindo os humanos, exceto o jovem Yorick e seu macaco de estimação.

A série acompanha os sobreviventes neste mundo novo, enquanto debatem sobre a tentativa de restaurar o que foi perdido e com a oportunidade de criar algo melhor.

Por que Yorick Brown e seu macaco sobrevivem?

Assim como nas HQs, a série do Star+ ainda não esclareceu o que causou o extermínio de quase todos os seres vivos com o cromossomo Y. Por outro lado, os acontecimentos nos quadrinhos oferecem uma explicação para a sobrevivência de Yorick, que agora tem um papel crucial na continuação da humanidade.

Se você não tem problemas com spoilers, veja no artigo a seguir a explicação, que pode ou não ser refletida na série:
Y: The Last Man | Por que Yorick sobrevive? A explicação é um tanto nojenta

No Brasil, Y: The Last Man é transmitida exclusivamente pelo Star+.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 19/10/2021


7 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Cancelou porque ninguém aguenta lacração de femi nazi genocida.😉

    1. Ia dizer exatamente isso. Fora o fato de que a série é muito arrastada, muitas personagens novas e diversos núcleos bem extasiantes. A hq é ótima, já a série…

        • República das Bananas em 11/11/2021 às 02:55
        • Responder

        Mais um incel pela Internet.

      • Leonardo Pizzarelli em 21/10/2021 às 08:06
      • Responder

      Você usa esse termo “feminazi genocida” mas a verdade é que, dia a dia, são as mulheres que são torturadas e mortas, a maioria delas por seus parceiros ou ex-parceiros. Você devia se calar. Você é parte do problema.

        • República das Bananas em 11/11/2021 às 02:53
        • Responder

        Parabéns Leonardo, difícil ver homens como você! E para o cara que fez esse comentário escroto só pode se tratar de um incel infeliz e amargurado.

  2. Falta química, a série se torna cansativa já no episodio 1, demora pra acontecer as coisas

  3. Puta série chata e sem alma, mesmo tendo na mão uma história pronta sólida que era as do quadrinho

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.