Disney+ contrata diretor executivo da Netflix


Em uma contratação importante que sinaliza suas ambições globais no espaço de streaming, o Disney+ trouxe Matt Brodlie da Netflix como vice-presidente sênior de desenvolvimento de conteúdo internacional.

Qual será sua função?

Matt será responsável pelo desenvolvimento de uma estratégia de filmes e TV para os mercados fora dos EUA, determinando o que precisa ser produzido ou adquirido para o serviço além dos EUA, o que será importante para o crescimento internacional do Disney Plus.

Ele vai se reportar ao presidente de conteúdo e marketing do Disney Plus, Ricky Strauss.

O ex-executivo da Netflix trabalhará com parceiros internos e externos, bem como com as equipes regionais e internacionais da Disney em todo o mundo.

Expectativas

“À medida que lançarmos o Disney Plus além dos EUA nos próximos anos, Matt terá um papel fundamental na execução de nossa estratégia de conteúdo”, disse Strauss. “Ele é comprovadamente um executivo com os instintos criativos e a experiência corretos para ajudar a tornar o Disney Plus um lugar onde talentos podem criar conteúdo original e de alta qualidade para o público em todo o mundo. Estamos felizes em tê-lo em nosso time.”

“Estou animado com esta oportunidade de ingressar no Disney+ neste momento crucial e espero trabalhar de forma colaborativa com as equipes de todo o mundo para criar um entretenimento premium que seja relevante e duradouro”, disse Matt Brodlie.

Currículo de peso

Matt atuou mais recentemente como diretor de filmes originais na Netflix, supervisionando aquisições e buscando uma estratégia de filmes de preço médio no lado da produção. Ele adquiriu Roma e Mudbound – Lágrimas Sobre o Mississipi, e seus créditos na Netflix incluem a comédia romântica Set It Up, o romance teen Para Todos os Garotos que Já Amei, Ibiza e Sierra Burgess é uma Loser.

Matt_Brodlie_diretor_netflix Disney+ contrata diretor executivo da Netflix

Antes da Netflix, ele ocupou vários cargos de executivo sênior na Paramount, onde dirigiu o grupo de aquisições mundiais, bem como Sony / TriStar, Relativity Media e Miramax, onde passou os primeiros dez anos de sua carreira.

Fonte: Disney

Atualizado em 28/10/2021


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.