Disney+ estreia integração com o Hulu | Star+ é o próximo?

Hulu-no-Disney-Plus Disney+ estreia integração com o Hulu | Star+ é o próximo?

A Disney, comandada pelo CEO Bob Iger, implantou uma grande novidade para o mercado de streaming norte-americano: a integração do Hulu ao Disney+. Essa mudança, que transforma o Disney+ em uma experiência de aplicativo único, incorpora o conteúdo do Hulu diretamente ao Disney+, enriquecendo a plataforma com um novo hub repleto de conteúdos dos estúdios da Disney, como FX, 20th Century Studios e ABC. Na América Latina, incluindo o Brasil, o Star+ é a plataforma que transmite grande parte do conteúdo do Hulu.

Lançamento da versão Beta do Hulu no Disney+

Hub-Hulu-no-Disney-Plus Disney+ estreia integração com o Hulu | Star+ é o próximo?

O lançamento é uma versão Beta da experiência Hulu no Disney+, com a versão completa prevista para março de 2024. A Disney afirma que isso permitirá mais tempo para entender as necessidades dos consumidores e configurar os controles parentais apropriados.

Clicando no ícone do Hulu, os assinantes são direcionados para um hub especial, onde podem escolher entre diversos filmes e séries da biblioteca do Hulu para reprodução via Disney+. Isso proporciona acesso ao extenso conteúdo do Hulu DENTRO do Disney+, sem a necessidade de navegar entre diferentes aplicativos.

Alinhamento do Disney+ com outros mercados globais

Com a adição do Hulu no Disney+, a plataforma se alinha à forma como opera na maioria dos países ao redor do mundo, com conteúdo geral de entretenimento de estúdios como FX, Onyx Collective, ABC e 20th Century Studios.

Joe Earley, Presidente de Serviços Direto ao Consumidor da Disney Entertainment, destacou a importância dessa integração para oferecer uma experiência nova e empolgante para os assinantes. Segundo ele, a assinatura do pacote contendo os dois serviços de streaming (Disney+ e Hulu) oferece um valor incrível ao reunir todo esse conteúdo em um único local.

“Existem alguns motivos pelos quais acreditamos que esta será uma experiência nova e emocionante para nossos assinantes. Mesmo antes do lançamento do Disney+, a pesquisa era muito clara de que os consumidores queriam ‘tempo para as crianças’, ‘tempo para nós’ e ‘tempo para mim’. Quero coisas incríveis para meus filhos, quero assistir coisas em família e depois quero colocar as crianças na cama e assistir coisas que sejam de natureza mais adulta.”

“É um valor inacreditável em termos de preço do Bundle [pacote com os 2 streamings], reunir todo esse conteúdo em um só lugar. Além de desbloquear essa experiência para nossos assinantes existentes do Bundle, nossa esperança é inspirar os assinantes independentes do Disney+ e Hulu a atualizarem para o Bundle também, assim que virem tudo o que pode ser acessado.”

Como isso impacta os assinantes no Brasil?

Disney-Plus-e-Star-Plus-Logo Disney+ estreia integração com o Hulu | Star+ é o próximo?

Por enquanto, essa mudança nos Estados Unidos não afeta em absolutamente nada os assinantes da América Latina, incluindo o Brasil. No entanto, gera expectativas nos clientes brasileiros, onde o Star+ foi lançado como um serviço de streaming totalmente independente, com App e preço separados, ao contrário da estratégia adotada em outras regiões, como a Europa, onde o Disney+ incluiu uma nova aba chamada STAR.

Em maio, Bob Iger comentou sobre o sucesso da adição da aba STAR ao Disney+ internacionalmente, levantando questionamentos sobre a necessidade de um modelo diferente na América Latina.

Quando o Star+ foi anunciado em 2020, a recepção do público latino-americano foi mista, com muitos pedindo a inclusão do conteúdo no Disney+, como ocorre em outras regiões. A Disney explicou que o Star+ seria construído na mesma plataforma tecnológica do Disney+, o que pode ser confirmado tanto pela interface quanto na estrutura dos códigos das páginas, praticamente idêntica.

A separação do conteúdo resulta em situações estranhas, como a presença de séries e filmes simultâneos nos dois streamings, conteúdo da National Geographic dividido e a sensação de que o catálogo do Disney+ recebe poucas novidades, já que o volume de lançamentos no Star+ é normalmente maior.

Embora a integração do Hulu com o Disney+ nos Estados Unidos não garanta um movimento semelhante no Brasil e na América Latina com o Star+, a Disney reconheceu o sucesso do modelo Disney+ com STAR. Essa mudança nos EUA pode indicar uma possibilidade, ainda que distante, de integração semelhante no futuro para os assinantes brasileiros e latino-americanos.

Atualizado em 07/12/2023

Foto do autor

Luiz Junqueira

Luiz Junqueira é engenheiro da computação e escreve sobre entretenimento há mais de 12 anos, com um olhar analítico sobre filmes, séries e quadrinhos. Combina sua formação técnica com uma grande paixão pelo universo da cultura pop, se dedicando a trazer para os leitores artigos informativos e precisos.

Deixe um comentário