Disney divulga preços e primeiros países onde o Disney+ será lançado


A Disney confirmou nessa semana as datas de lançamento em diversos países para o serviço de assinatura Disney Plus, e divulgou quais dispositivos e plataformas poderão acessá-lo já no primeiro dia. O serviço será lançado nos Estados Unidos em 12 de novembro por US$ 6,99/mês (ou US$ 69,99 pagos anualmente). Canadá, Holanda, Austrália e Nova Zelândia poderão começar a usar o Disney+ também em novembro. A empresa disse que pretende oferecer o Disney Plus na maioria dos principais mercados globais dentro de dois anos a partir do seu lançamento inicial. O pacote já explicado nesse artigo, composto por Disney+, Hulu e ESPN+ por US$ 12,99/mês, também estará disponível na estreia do concorrente da Netflix.

O Disney Plus será lançado no Canadá e na Holanda também em 12 de novembro, custando 8,99 Dólares Canadenses por mês (ou 89,99 CAD por ano) e 6,99 Euro por mês (ou 69,99 Euro/ano), respectivamente, de acordo com comunicado à imprensa da Disney. Na semana seguinte, em 19 de novembro, o Disney Plus será lançado na Austrália e Nova Zelândia, com um preço de 8,99 Dólares Australianos por mês (ou 89,99 AUD por ano) e 9,99 Dólares Neozelandeses por mês (ou 99,99 NZD por ano), respectivamente.

datas-e-preços-lançamento-1024x1024 Disney divulga preços e primeiros países onde o Disney+ será lançado

Mais importante, a Disney também confirmou que chegou a acordos globais com outras empresas que permitirão que os consumidores acessem o Disney Plus em muitos dos dispositivos que já utilizam diariamente.

No lançamento será possível acessar o Disney+ nessas plataformas:

Dispositivos móveis Android
Android TV
Google Chromecast
Navegadores da Web para desktop
Apple TV
iPad
iPhone
Playstation 4
Xbox One
Roku

O Fire TV da Amazon não consta na lista, pelo menos por enquanto. Os tablets Amazon Fire aparentemente também ficarão sem o Disney Plus. Talvez seja possível transferir o app para esses dispositivos, mas isso ainda não foi confirmado.

A Disney diz que os clientes poderão se inscrever no serviço diretamente em várias plataformas, incluindo o iOS. Então, sim, a Apple estará recebendo uma parte dessas assinaturas. A Disney também planeja integrar seu conteúdo ao Apple TV para que filmes, originais e outros programas apareçam entre títulos sugeridos para assistir.

disney-plus-logo-3 Disney divulga preços e primeiros países onde o Disney+ será lançado

Provavelmente teremos mais novidades sobre o Disney Plus esta semana na D23 Expo 2019, conferência bienal de fãs da Disney em Anaheim, cidade nas proximidades de Los Angeles. O aplicativo contará com seções dedicadas a cada uma das principais franquias da Disney, suportará downloads off-line e transmitirá conteúdo selecionado em 4K HDR.

Atualizado em 26/10/2020


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.