Disney+ confirma grande aumento de preço em vários países

DisneyPlus-Logo-1024x576 Disney+ confirma grande aumento de preço em vários países

O Disney+ surpreendeu muitos de seus assinantes ao anunciar um significativo aumento de preço para sua assinatura anual em vários países, incluindo o Reino Unido e outras regiões da Europa. A mudança, que entra em vigor a partir de 24 de março de 2024, praticamente dobra o valor anteriormente cobrado, refletindo as novas estratégias de precificação da empresa.

A partir de março de 2024, a assinatura Premium do Disney+ passará a custar £109,90 (R$ 695) por ano, um aumento significativo em comparação aos valores anteriores. Em novembro, o Disney+ já havia ajustado o preço da opção Premium no Reino Unido de £7,99 (R$ 50) por mês para £10,99 (R$ 70).

Além disso, a Disney introduziu duas novas opções de assinatura: o Disney+ Standard com anúncios, por £4,99 (R$ 32) mensais, e o Disney+ Standard sem anúncios, por £7,99 (R$ 50) mensais ou £79,90 (R$ 505) anuais.

A maioria dos clientes existentes foi automaticamente migrada para o plano Premium do Disney+ em 1º de novembro de 2023, tendo então a opção de permanecer nessa tarifa ou migrar para uma mais econômica. Para os assinantes que renovam sua assinatura anualmente em março, um e-mail de aviso foi enviado, deixando alguns usuários insatisfeitos com o aumento significativo.

image-34 Disney+ confirma grande aumento de preço em vários países

Quando lançado, o Disney+ custava £5,99 (R$ 38) ao mês ou £59,99 (R$ 380) ao ano. Em 2021, o preço subiu para £7,99 (R$ 50) mensais ou £79,90 (R$ 505) anuais. Agora, os assinantes Premium anuais passarão a pagar quase £109,90 (R$ 695) por ano.

Reação dos assinantes e opções Disponíveis

Muitos assinantes expressaram surpresa e insatisfação com o aumento expressivo, recorrendo às redes sociais para manifestar sua opinião.

O e-mail automático da Disney não detalha o motivo do aumento nem explora claramente as múltiplas opções agora disponíveis, deixando alguns assinantes anuais desapontados com a alta dos preços e considerando cancelar o serviço, muitas vezes sem saber que poderiam optar por um nível Standard e manter o preço do ano anterior ou até mesmo mudar para uma assinatura mensal com suporte a anúncios e economizar mais de 50%.

E o Brasil?

No Brasil, ainda não há sinalização de um aumento nos preços. No entanto, acredita-se que a introdução de outros modelos de assinatura, incluindo o plano mais barato com anúncios, possa acontecer junto com a fusão do Disney+ e Star+, ainda prevista para o segundo trimestre de 2024.

Atualmente, o Disney+ custa R$ 33,90 ao mês ou R$ 279,90 por ano. O Star+, que será descontinuado, está no preço de R$ 40,90/mês e R$ 329,90/ano. Existe também a opção do Combo+, que inclui Disney+ e Star+, por R$ 55,90 mensais, sem oferta anual disponível.

Essa estratégia de aumento nos preços reflete uma tendência observada em diversos serviços de streaming que buscam tornar suas plataformas lucrativas após anos de prejuízos bilionários, reavaliando suas políticas de valores para construir uma base de assinantes mais sustentável financeiramente.

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário