Disney+ chega a 137,7 milhões de assinantes no mundo, superando as estimativas


DisneyPlus-Logo-1024x576 Disney+ chega a 137,7 milhões de assinantes no mundo, superando as estimativas

Durante o evento virtual de resultado financeiro para os investidores no final desta quarta-feira (11), a Disney anunciou que o número de assinantes do Disney+ atingiu a marca de 137,7 milhões no segundo trimestre fiscal de 2022, que corresponde aos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano.

Há três meses, o valor era de 129,8 milhões, ou seja, houve um aumento de quase 8 milhões de usuários em todo o mundo, um crescimento menor do que o observado no período anterior, que foi de quase 12 milhões, mas maior do que o número previsto pelos analistas, que era de 5,2 milhões. Ainda assim, o resultado não foi o suficiente para alegrar o mercado, e as ações da Disney fecharam em queda de 2,3% nos Estados Unidos.

O resultado vem depois que a rival Netflix reportou uma perda de 200 mil assinantes no mesmo período, com estimativa de perder outros 2 milhões no segundo semestre de 2022.

Somando todos os serviços de streaming (Hulu, ESPN+, Star+ e Disney+), são agora 205,6 milhões de assinantes. Bob Chapek, CEO da The Walt Disney Company, expressou seu otimismo da seguinte forma:

Mais uma vez provaram que estamos em uma liga própria”, disse o chefe da Disney. Ele acrescentou que acredita que o Disney+ é único com apelo em “todos os quatro quadrantes”. Em novembro, a Disney planejava gastar 33 bilhões de dólares em novos conteúdos apenas em 2022, mas hoje o número foi atualizado para 32 bilhões, o que Christine McCarthy, diretora financeira da Walt Disney Company, justificou como uma consequência de um ritmo de gastos um pouco mais lento que o previsto durante o primeiro trimestre.

Filmes e séries que fizeram a diferença

Durante a conferência, o atual CEO da Walt Disney Company, Bob Chapek, revelou que as séries O Livro de Boba Fett e The Dropout foram um dos maiores sucessis do últomo trimestre, e anunciou que a animação da Pixar Red: Crescer é uma Fera se tornou o título mais rápido a atingir a marca de 200 milhões de horas assistidas no streaming.

Um dos planos mais ambiciosos anunciados no evento virtual é que a Disney planeja criar mais de 300 programas originais por ano. Atualmente 500 séries estão em desenvolvimento, das quais 200 estão sendo produzidas na América Latina.

Aumento no valor das assinanturas

Sobre um possível aumento nos valores das assinaturas, foi informado que o Disney+ foi lançado com um preço considerado baixo, e que à medida que novos conteúdos forem adicionados, a empresa terá mais flexibilidade para ajustar os preços.

A expectativa é que o segundo semestre supere o primeiro em termos de quantidade de novos assinantes. A meta da Disney continua a mesma:  chegar a um total entre 230 milhões e 260 milhões de assinantes até o primeiro trimestre fiscal de 2025, que começa no fim de setembro de 2024.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos dos streamings da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 12/05/2022


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.