Daisy Ridley relembra conselho: Star Wars não é um filme, é religião

Daisy-Ridley Daisy Ridley relembra conselho: Star Wars não é um filme, é religião

Interpretar Rey em Star Wars: O Despertar da Força transformou Daisy Ridley de uma completa desconhecida em um nome familiar praticamente da noite para o dia. Assim como Mark Hamill e Hayden Christensen antes dela, a franquia colocou a atriz em destaque no mapa do entretenimento.

No entanto, interpretar a protagonista em um filme de Star Wars não vem sem desafios. Recentemente, o Inverse conversou com Ridley e destacou que já faz uma década desde que ela foi escolhida para o papel.

Olhando para o passado, Ridley revelou que o cineasta J.J. Abrams tinha um conselho importante para ela. “Entenda a magnitude,” ela se lembrou dele dizendo. “Isso não é um papel em um filme. Isso é uma religião para as pessoas. Muda coisas em um nível que é inconcebível.”

Rey-Skywalker-Daisy-Ridley Daisy Ridley relembra conselho: Star Wars não é um filme, é religião

“Quando toda a loucura estava acontecendo,” ela acrescentou, “eu fiquei tipo, ‘Estou bem. Estou bem. Estou lidando bem. Tudo está bem.’ E eu estava bem, na maior parte do tempo. Mas eu acho que o que eu realmente estava enfrentando era que isso era meu normal, mas não era normal para outras pessoas.”

“Para amigos e familiares, ou qualquer pessoa que veja algo de uma forma um pouco diferente da sua, há essa projeção de você, e você naquele mundo, e como é sentir isso e aquilo,” continou Ridley. “E você está tipo, ‘Bem, na verdade, sou apenas um ser humano, separado disso.’ É uma luta constante, entre a realidade e a fantasia que frequentemente é projetada em você.”

Enfrentando desafios pessoais

No passado, Ridley falou abertamente sobre lidar com endometriose e síndrome dos ovários policísticos, com ambas as condições causando problemas durante a produção de O Despertar da Força e Os Últimos Jedi. Ela teve seis meses de folga antes de A Ascensão Skywalker e, quando o trabalho nesse filme terminou, a atriz admite ter se encontrado meio perdida.

“Depois que o último Star Wars saiu e tudo ficou quieto, eu fiquei tipo, ‘Que diabos?'” Ridley lembrou. “Eu estava de luto.” Então, veio a COVID e “ter que sentar e ficar parada durante o lockdown foi incrivelmente útil, de uma maneira que eu não esperava. Eu percebi que havia muito que eu não havia processado adequadamente.”

Um novo capítulo em Star Wars

Agora, Ridley está se preparando para começar a trabalhar em New Jedi Order, um novo filme de Star Wars ambientado 15 anos após os eventos de A Ascensão Skywalker. A diretora de Ms. Marvel, Sharmeen Obaid-Chinoy, estará no comando e, como observado, Ridley reprisará seu papel como Rey, agora uma Mestre Jedi procurando criar uma nova Ordem Jedi enquanto tenta combater as forças obscuras que se levantam para impedi-la.

Segundo a atriz, ela espera começar a trabalhar nisso “em um futuro próximo.” A Lucasfilm ainda não anunciou uma data de lançamento para New Jedi Order, mas acredita-se que seja em dezembro de 2025.

Atualizado em 29/01/2024

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário