Confira os segredos por trás da caracterização de Cruella no live-action da Disney


Cruella-Roupas-1024x576 Confira os segredos por trás da caracterização de Cruella no live-action da Disney

Com um guarda-roupa espetacular e visual chamativo, Cruella traz Emma Stone em uma ambientação da vibrante Londres punk dos anos 70. O filme acompanha Estella, uma jovem aspirante a designer de moda, que chama a atenção da veterana Baronesa Von Hellman, interpretada por Emma Thompson.

Em uma entrevista à Vogue, a maquiadora e a figurinista do filme contam suas inspirações para trazer os incríveis visuais da vilã à vida no longa de Craig Gillespie.

Nadia Stacey, que criou as maquiagens e cabelos da personagem, conta:

Eu tenho uma prancha enorme com referências de maquiagens e perucas do século 18, coisas dos anos 50 e 60, e também peças de John Galliano e Vivienne Westwood. Eu estudei competições de cabelo de vanguarda e esculturas. E, obviamente, o punk dos anos 70”.

Ela continua: “Emma é muito delicada, então não dava para exagerar com o cabelo e a maquiagem, já que isso faria ela sumir. Com muitas referências ao punk, eu estava vendo que havia uma espécie de dureza, mas que era muito bonita. Debbie Harry, por exemplo, usava muitos batons rosa suave, o que eu não teria imaginado. Então, no visual em que escrevemos ‘The Future’ no rosto de Emma na mesma fonte usada na capa do álbum de 1977 do Sex Pistols, nós equilibramos isso com um lábio de cristal vermelho para obter um elemento mais suave”.

Cruella: Disney contrata brasileiro para criar filtro de Realidade Aumentada
Cruella: Emma Stone conta que foi mais difícil se tornar a vilã sem seu icônico cigarro
Emma Stone, de Cruella, fala sobre ter recebido Oscar de Leonardo DiCaprio

O figurino de Cruella não fica para trás

A vencedora de dois Oscars de Melhor Figurino, Jenny Beavan, também contou seu processo.

Cruella tem 47 looks no filme. Ela com certeza usaria lojas vintage, especialmente antes de ter dinheiro. Então, fomos em casas de fantasias, que têm um bom estoque de roupas dos anos 70, mas também foi interessante ir ao Portobello Road Market, em Londres. Também fomos para Los Angeles para fazer as provas com a Emma. Eu estive em uma enorme feira vintage chamada A Current Affair quando estava acontecendo em LA e no Brooklyn. No final, tínhamos 10 malas de coisas para Emma. Nós classificamos tudo em looks, começamos a montagem, aprendemos o que funcionaria e o que não funcionaria e fotografamos tudo”.

Sobre o momento em que Cruella põe fogo em uma capa branca para revelar um traje vermelho, Beavan disse:

Isso estava no roteiro e eu queria ver se era possível. Existem materiais que pegam fogo sem matar o ator, mas o nosso foi um efeito visual. O vestido por baixo é feito de um dos antigos da Baronesa e isso é parte da história. Cruella o vê em uma loja vintage e o transforma nessa peça extraordinária que foi desconstruída. Foi inspirado no vestido ‘Tree’ de Charles James. O figurinista Ian Wallace, que é um gênio, decidiu que esse era o caminho a seguir. Era tudo um pouco rebuscado, mas você quase podia acreditar que havia tecido suficiente no vestido original para fazer este novo vestido. Nós desenhamos o vestido original também e nos certificamos de que houvesse tecido suficiente”.

Cruella está atualmente nos cinemas e disponível no Disney+ com Premier Access.

Siga o Guia Disney+ Brasil nas redes sociais e fique por dentro das dicas, novidades e lançamentos do streaming da Disney.
• facebook.com/guiadisneyplus
• twitter.com/guiadisneyplus
• instagram.com/guiadisneyplus
• pinterest.com/guiadisneyplus

Atualizado em 23/09/2021


Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.