Cerca de 70% dos americanos assinariam o Disney Plus, aponta pesquisa


pesquisa-disney-plus Cerca de 70% dos americanos assinariam o Disney Plus, aponta pesquisa

O novo serviço de streaming da Disney custará aos assinantes US$ 6,99 por mês, mas a maioria das pessoas consultadas disse estar disposta a pagar até US$ 20 para ter acesso aos filmes e programas do Disney Plus. Essa é uma das conclusões de um estudo realizado pela empresa de pesquisa de mercado GlobalWebIndex.

A pesquisa, feita com mais de 5.500 pessoas nos Estados Unidos e no Reino Unido, mostrou que quase um terço dos entrevistados pagaria entre US$ 5 e US$ 10, enquanto outros 18% se inscreveriam para a Disney+ se custasse de US$ 10 a US$ 20. Outros 2% dos entrevistados disseram que pagariam mais de US$ 30 pelo serviço da Disney.

Do total de entrevistados, cerca de 60% disseram que pagariam até US$ 20 pelo serviço baseado em assinatura. Se considerarmos apenas os Estados Unidos, esse percentual sobe para 69%.

Naturalmente nem todos planejam contratar o Disney Plus. A pesquisa mostrou que 31% dos usuários não pretendem comprar uma assinatura.

Concorrência

O Disney+ junta-se a uma lista crescente de serviços de streaming que serão lançados nos próximos meses, como HBO Max e Apple TV+, causando uma crescente concorrência num mercado amplamente dominado pela Netflix.

À medida que mais empresas lançam novos serviços de streaming, os clientes terão que decidir se pagam por mais uma assinatura ou se simplesmente perdem alguns de seus filmes e programas de TV favoritos. Estatísticas recentes estão mostrando resistência das pessoas em adicionar novas assinaturas.

No início de 2019 houve uma ligeira queda no número de serviços de assinatura pelos quais os americanos pagavam. Durante o primeiro trimestre, uma família dos EUA assinou, em média, 2,6 serviços e pagou cerca de US$ 30 por mês, uma leve queda em relação a junho de 2018, quando a média foi de US$ 33 por mês por 2,8 serviços. Os dados sugerem que a fadiga do streaming pode estar começando, mesmo com mais serviços correndo para entrar no mercado.

Levando em consideração esses dados e o fato de que a maioria dos entrevistados pela GlobalWebIndex se declarar fã da Disney e já são assinantes da Netflix, não é tão arriscado prever que boa parte dos consumidores simplesmente vai migrar da Netflix para o Disney Plus, que terá todo o conteúdo Disney em seu catálogo, inclusive os que estão hoje no Netflix e seguramente vão sair da plataforma.

As armas do Disney Plus

Para competir com outros serviços, o Disney Plus terá, além de sua programação original, ofertas da Pixar, Star Wars, Marvel e conteúdos adquiridos recentemente por meio da compra dos principais ativos da 21st Century Fox, como Simpsons e National Geographic. A extensa lista de títulos confirmados pode ser conferida aqui.

disney-plus-logo-3 Cerca de 70% dos americanos assinariam o Disney Plus, aponta pesquisa
Divulgação: Disney

Como já dito aqui no site, a Disney planeja juntar Disney+, Hulu e ESPN+ em um pacote com desconto, mas não revelou ainda qual seria o preço.

Fonte: TheWrap

Atualizado em 26/10/2020


Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.