Avatar | Cena íntima deixou Zoe Saldaña constrangida

Neytiri-e-Jake-Sully-em-Avatar Avatar | Cena íntima deixou Zoe Saldaña constrangida

Cenas de amor em filmes algumas vezes podem causar constrangimento, deixando o público desconfortável, especialmente quando assistidos em família. Às vezes, porém, o desconforto vem da própria filmagem da cena, já que atores e atrizes representando pares românticos na tela estão cercados por vários membros da equipe, o que elimina qualquer senso de intimidade.

Dada a complexidade técnica do blockbuster de 2009 do roteirista e diretor James Cameron, Avatar, a cena de amor entre a nativa Na’vi Neytiri (Zoe Saldaña) e o humano transformado em avatar Na’vi Jake Sully (Sam Worthington) apresentou desafios ainda mais estranhos para os atores.

Estávamos fazendo captura de movimento para os computadores, então Sam e eu estávamos usando esses capacetes com um suporte e uma câmera na ponta, e nós nos enrolávamos antes que nossos lábios pudessem se tocar“, lembrou Saldaña para a revista Parade em uma entrevista anterior. “Jim Cameron gritava: ‘Corta. Os atores estão presos novamente. Vocês não podem ter mais cuidado?’ A gente ficava tipo, ‘Caramba. Não é tão fácil assim'”.

No final das contas, Saldaña observou para a publicação que filmar a cena de amor com Worthington teve seus momentos engraçados, embora tenha ficado desconfortável.

Às vezes a gente só começava a rir. Durante todo o tempo, todos nós estávamos ficando vermelhos. Era tipo, ‘Ok, isso é a coisa mais ridícula que já fiz‘”, disse ela.

Zoe Saldaña elogiou a abordagem de Cameron para Neytiri

Neytiri-Zoe-Saldana-Avatar-2 Avatar | Cena íntima deixou Zoe Saldaña constrangida

Em Avatar, Jake Sully é recrutado pelo Coronel Miles Quaritch (Stephen Lang) para participar do programa Avatar, onde sua consciência é transferida para o corpo geneticamente produzido de um Na’vi, uma raça de residentes de Pandora com 3 metros de altura e pele azulada.

A missão de Jake dada por Quaritch é se infiltrar na tribo Na’vi para auxiliar o objetivo militar de extrair um mineral altamente valioso chamado Unobtanium, mas, em vez disso, ele se apaixona por Neytiri. Ao falar sobre o filme com a Parade, Zoe Saldaña creditou a James Cameron por criar um personagem com tanto fascínio:

Eu achei que o Jim fez um ótimo trabalho ao criar Neytiri. Eu o agradeci por deixá-la tão atraente. Quero dizer, Neytiri é muito sexy e esbelta, com um corpo realmente definido. Eu estou em boa forma, mas não tenho esse físico musculoso.”

Além disso, Saldaña – que lembrou que sua primeiro reunião sobre Avatar com Cameron foi uma experiência literalmente fora do corpo – adorou a maneira como o diretor abordou o filme sem estereótipos de gênero. “Eu acho os personagens de Jim Cameron bastante andróginos“, disse a atriz.

“Com pequenos ajustes, todos os seus personagens femininos e masculinos poder iam ser trocados. Isso é um testemunho do tipo de observador da vida que ele é. Ele não é um cara de ‘homens são de Marte e mulheres são de Vênus’. Ele é sensível às qualidades que todos compartilhamos.”

Saldaña e Worthington voltaram a usar trajes de captura de movimento para filmar a sequência de sucesso, Avatar: O Caminho da Água, que, assim como o promeiro filme, está disponível no Disney+.

Atualizado em 12/08/2023

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário