As Marvels fracassou por falta de supervisão, diz chefe da Disney

As-Marvels As Marvels fracassou por falta de supervisão, diz chefe da Disney

O lançamento de As Marvels nos cinemas marcou um momento atípico no Universo Cinematográfico da Marvel, registrando a menor bilheteria de estreia na história da franquia. Embora diversos fatores possam ter influenciado a recepção do filme pelo público, o CEO da The Walt Disney Company, Bob Iger, ofereceu sua perspectiva sobre o ocorrido.

Em suas declarações durante o recente DealBook Summit, evento anual do The New York Times com líderes de negócios, política e cultura, Iger apontou a falta de supervisão adequada durante as filmagens como um dos principais motivos para o desempenho insatisfatório do filme.

As Marvels foi filmado durante o Covid, e não houve supervisão suficiente dos executivos no set“, disse ele.

As Marvels, sequência de Capitã Marvel (que arrecadou mais de 1 bilhão de dólares em 2019), enfrentou desafios únicos em sua produção. Além das complicações trazidas pela pandemia, Iger também mencionou a dificuldade de manter a qualidade diante do grande volume de conteúdos produzidos pela Marvel Studios nos últimos anos. Com vários filmes e séries lançados em um curto espaço de tempo, a Disney planeja reduzir a quantidade de lançamentos futuros.

O filme leva suas três protagonistas – Carol Danvers (Brie Larson), Monica Rambeau (Teyonah Parris) e Kamala Khan (Iman Vellani) – em uma perigosa jornada, incluindo a visita a um planeta onde cantar é a única forma de comunicação. A trama gira em torno do mistério de por que elas trocam de lugar sempre que duas delas tentam usar seus poderes simultaneamente, ao mesmo tempo em que enfrentam a ameaça de Dar-Benn (Zawe Ashton), uma vilã do passado da Capitã Marvel.

Olhando para o futuro

Apesar dos resultados abaixo do esperado nas bilheterias, a franquia busca uma nova direção, com estratégias que serão implementadas a partir do próximo ano. O MCU já foi visto como uma série de filmes praticamente imbatíveis, com lançamentos solo como Capitã Marvel e Pantera Negra ultrapassando a marca de 1 bilhão de dólares mundialmente.

No entanto, a Marvel Studios agora se esforça para se adaptar aos desejos do público atual. Em um movimento inédito desde 2010, apenas Deadpool 3 será lançado nos cinemas no próximo ano, marcando a primeira vez em que a Marvel Studios lançará apenas um título nas telonas. A única exceção foi em 2020, devido à pandemia.

As Marvels segue em exibição nos cinemas, representando um momento de reflexão e ajustes para o MCU, que busca recuperar seu lugar de destaque no cenário cinematográfico.

Atualizado em 29/11/2023

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário