A Pequena Sereia: o live-action da Disney tem cenas pós-créditos?

A-Pequena-Sereia-Ursula-e-Ariel A Pequena Sereia: o live-action da Disney tem cenas pós-créditos?

A Pequena Sereia, aguardada adaptação em live-action da Disney da amada história de Ariel, já estreou nos cinemas. Embora estejamos familiarizados com a maior parte da história, há adições emocionantes, como novas músicas e uma abordagem renovada do relacionamento de Ariel (Halle Bailey) com o príncipe Eric (Jonah Hauer-King).

Além disso, considerando a tendência de cenas pós-créditos em filmes nos dias de hoje, especialmente das franquias da Disney, surge a dúvida se esse remake apresenta um ou mais desses momentos extras.

A animação original de 1989 gerou uma sequência intitulada A Pequena Sereia 2: O Retorno Para o Mar, bem como um prelúdio chamado A Pequena Sereia: A História de Ariel, ambos disponíveis no Disney+. Essas produções poderiam servir como fontes de inspiração ou até mesmo serem insinuadas na nova versão live-action, incluindo números musicais extras ou outras surpresas.

A Pequena Sereia tem quantas cenas pós-créditos?

Disney-A-Pequena-Sereia A Pequena Sereia: o live-action da Disney tem cenas pós-créditos?

Para aqueles que gostam de cenas adicionais depois que as letrinhas sobem na tela, lamentamos informar que a adaptação live-action de A Pequena Sereia não apresenta nenhuma. No entanto, os próprios créditos são encantadores, e ninguém vai se arrepender de assisti-los.

Embora a história alcance uma conclusão satisfatória e não haja expectativas de cenas extras em um filme clássico como este, estamos falando da Disney, então supõe-se que a possibilidade foi considerada pela produção.

Quando questionados pelo SlashFilm sobre a decisão de não incluir cenas pós-créditos, o diretor Rob Marshall e o produtor John DeLuca explicaram que acreditavam que a história havia sido totalmente contada. Marshall expressou sua opinião de que tais cenas às vezes podem parecer artificiais e que não era necessário incluir nada do tipo.

“Decidimos não fazer isso. Achamos que a história já havia sido contada. Às vezes, isso parece um pouco artificial para mim, e não precisávamos fazer nada assim […] Foi um processo de quatro anos e meio para criar esse filme. Então, o fato de pensarmos que os créditos são longos o suficiente. Sim. Então, na verdade, nunca consideramos isso, não.”

Certamente, muitas pessoas estão envolvidas na produção de um filme, e é um gesto gentil reconhecer suas contribuições assistindo aos créditos. No entanto, se você tiver outros compromissos e precisar sair logo do cinema, fique tranquilo sabendo que não perderá nenhum conteúdo adicional.

A Pequena Sereia (2023) já está em cartaz nos cinemas de todo o Brasil.

Foto do autor

Leo Carvalho

Leo Carvalho, jornalista de formação e nerd de coração, é um observador atento das tendências do entretenimento, em especial filmes e séries da Marvel e Star Wars. Sua formação acadêmica em jornalismo e entusiasmo de fã lhe permitem escrever textos com insights, análises detalhadas e olhar crítico.

Deixe um comentário